Temer decide extraditar Cesare Battisti

Michel Temer assinou nesta sexta-feira, 14, a extradição do ativista italiano Cesare Battisti, um dia após decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal Luiz Fux que autorizou sua prisão; Battisti encontra-se foragido, segundo a Polícia Federal

Temer decide extraditar Cesare Battisti
Temer decide extraditar Cesare Battisti (Foto: Reuters)

BRASÍLIA (Reuters) - O presidente Michel Temer assinou na tarde desta sexta-feira a extradição do italiano Cesare Battisti, informou a Secretaria de Imprensa da Presidência da República.

Ex-membro de uma guerrilha de esquerda, Battisti foi condenado na Itália por quatro assassinatos cometidos na década de 1970.

Na quinta-feira, o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luiz Fux revogou uma liminar que concedera no ano passado impedindo a extradição de Battisti, determinou sua prisão e afirmou que cabia ao presidente da República decidir sobre a extradição.

Segundo uma fonte da Polícia Federal, Battisti está na lista de foragidos e a Interpol já foi acionada.

"Sabemos que ele está em São Paulo e há um grande número de equipes operacionais e na ponta buscando ele. A expectativa é que cheguemos a ele", disse a fonte, que pediu anonimato.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247