Temer disse que poderia ajudar Cunha no STF, diz delator

"Ele me fez um comentário curioso que foi o seguinte: 'Eduardo quer que eu ajude ele no Supremo poxa. Eu posso ajudar com um ou dois, com 11 não dá'", contou o empresário Joesley Batista, dono da JBS, sobre a relação entre Michel Temer e Eduardo Cunha; "Também fiquei calado, ouvindo. Não sei como o presidente poderia ajudá-lo", afirmou Batista    

Brasília- DF- Brasil- 10/03/2015- Presidente da Câmara dos Deputados Eduardo Cunha recebe vice-presidente da República Michel Temer. Foto: J. Batista/ Câmara dos Deputados
Brasília- DF- Brasil- 10/03/2015- Presidente da Câmara dos Deputados Eduardo Cunha recebe vice-presidente da República Michel Temer. Foto: J. Batista/ Câmara dos Deputados (Foto: Aquiles Lins)

247 - Em dos termos da delação premiada que firmou com o Ministério Público Federal, o empresário Joesley Batista, dono da JBS, afirmou que ouviu em conversa com Michel Temer que o presidente poderia "ajudar" o deputado cassado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) junto a dois ministros do Supremo Tribunal Federal (STF).

"Ele me fez um comentário curioso que foi o seguinte: 'Eduardo quer que eu ajude ele no Supremo poxa. Eu posso ajudar com um ou dois, com 11 não dá'. Também fiquei calado, ouvindo. Não sei como o presidente poderia ajudá-lo", afirmou Batista.

 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247