Temer diz não ver abusos na Lava Jato

“Haja espetáculo ou não haja espetáculo, o que vale é o teor da denúncia”, disse Michel Temer, em entrevista ao jornalista Kennedy Alencar; “Eu não olharia o espetáculo, se foi feito ou não”; ele também negou que a campanha 'vamos tirar o Brasil do vermelho', considerada fascista pela oposição, faça referência ao PT

Brasília - DF 05/10/2016. Presidente Michel Temer durante cerimônia de Posse do novo Ministro de Estado do Turismo, Marx Beltrão Lima Siqueira. Foto: Beto Barata/PR
Brasília - DF 05/10/2016. Presidente Michel Temer durante cerimônia de Posse do novo Ministro de Estado do Turismo, Marx Beltrão Lima Siqueira. Foto: Beto Barata/PR (Foto: Leonardo Attuch)

247 – Em entrevista ao jornalista Kennedy Alencar, o presidente Michel Temer disse não ver abusos na Operação Lato.

“Haja espetáculo ou não haja espetáculo, o que vale é o teor da denúncia”, disse ele. “Eu não olharia o espetáculo, se foi feito ou não.”

Na mesma entrevista, ele afirmou que a campanha publicitária "vamos tirar o Brasil do vermelho" não faz referência ao PT.

“Não quero falar mais do passado, quero falar do futuro. Quem olha para o passado, para o retrovisor, não vai para frente. Fizemos uma publicação para revelar aquilo que foi o fruto de equívocos no governo passado”, diz ele.

O tom da campanha foi considerado fascista por analistas como o professor de ciência política Robson Sávio Reis Souza (leia mais aqui).

 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247