Temer e FHC são os piores cabos eleitorais do País

Símbolos do ataque à democracia no Brasil, Michel Temer e o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso aparecem como os piores cabos eleitorais do Brasil na pesquisa Datafolha; 64% dos entrevistados afirmam que rejeitariam com certeza um candidato indicado pelo tucano, enquanto impressionantes 87% dizem que não votariam no candidato que tiver o apoio de Temer

Temer e FHC são os piores cabos eleitorais do País
Temer e FHC são os piores cabos eleitorais do País (Foto: Beto Barata/PR)

247 - A nova pesquisa do Datafolha mostra que o brasileiro rejeita o golpe e a perseguição ao ex-presidente Lula. 

Enquanto o petista segue como o melhor cabo eleitoral do País, conseguindo um bom percentual de transferência de votos para quem apoiar, figuras ligadas ao atual governo são cada vez menos populares. 

Michel Temer (MDB) é o cabo eleitoral mais impopular nos cenários apresentados pelo Datafolha: 87% afirmam que não votariam no candidato que tiver seu apoio.

Apenas 4% escolheriam esse nome e mais 8% disseram que poderiam seguir a indicação.

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso é outro que não elege ninguém.  FHC (PSDB) teria influência certa sobre 11% dos eleitores e possivelmente sobre outros 22%. Já 64% dos entrevistados rejeitariam a indicação feita pelo tucano, que governou o país entre 1995 e 2002.

As informações são de reportagem de Bruno Boghossian na Folha de S.Paulo.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247