Temer está no Hospital Sírio-Libanês para exames complementares

Michel Temer deu entrada, na noite de hoje (27), no hospital Sírio-Libanês, em São Paulo para realizar exames urológicos complementares; ele deverá continuar o tratamento iniciado quarta-feira (25) em Brasília, quando foi detectada uma obstrução urológica e Temer foi submetido a uma sondagem vesical, que consiste na introdução de um cateter através da uretra até a bexiga, com o objetivo de drenar a urina

Temer durante evento no Palácio do Planalto 28/9/2017 REUTERS/Ueslei Marcelino
Temer durante evento no Palácio do Planalto 28/9/2017 REUTERS/Ueslei Marcelino (Foto: Charles Nisz)

Agência Brasil - Michel Temer deu entrada, na noite de hoje (27), no hospital Sírio-Libanês, em São Paulo. Em nota, o Palácio do Planalto informou que o o peemedebista fará uma reavaliação da sua situação urológica e continuará o tratamento iniciado quarta-feira (25) em Brasília. Temer Brasília a caminho de São Paulo no final da tarde. 

Na quarta-feira, dia da votação da segunda denúncia contra ele na Câmara dos Deputados, Temer foi internado no Hospital do Exército após sentir-se mal. Foi constatada a obstrução urológica. No hospital, o presidente foi submetido a uma sondagem vesical, que consiste na introdução de um cateter através da uretra até a bexiga, com o objetivo de drenar a urina.

Temer passou a tarde de quarta-feira no hospital e, quando deixou o local, no início da noite, acenou para a imprensa e disse “estou bem”.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247