Temer liderava golpe contra Dilma três meses antes do processo, diz Eduardo Cunha

O deputado cassado Eduardo Cunha diz em trecho de seu livro que o vice-presidente Michel Temer já tramava, nos bastidores, as articulações para golpear a ex-presidente Dilma Rousseff

Dilma Rousseff e Michel Temer
Dilma Rousseff e Michel Temer (Foto: Ederson Casartelli/247 | Reuters)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O deputado cassado Eduardo Cunha diz em trecho de seu livro “Tchau, Querida: O Diário do Impeachment" que o vice-presidente Michel Temer já tramava, nos bastidores, as articulações pelo afastamento da ex-presidente Dilma Rousseff. A informação é do jornal Folha de S.Paulo. 

Presidente da Câmara à época, Cunha descreve a atuação de Temer e a negociação de cargos para o novo governo com partidos do centrão, antes mesmo da abertura do processo, no começo de dezembro daquele ano.

O livro será  lançado neste sábado (17). 

Preso desde outubro de 2016, ele se defende de acusações de corrupção e lavagem de dinheiro, pelas quais já foi condenado em três processos. Em março de 2020, Cunha obteve direito à prisão domiciliar.

 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

Apoie o 247

WhatsApp Facebook Twitter Email