Temer repete discurso da "reunificação do país"

Vice-presidente da República, Michel Temer, esteve hoje em Belo Horizonte para a convenção estadual do PMDB e em seu discurso voltou a falar na "reunificação do país" no momento de crise política entre o governo Dilma Rousseff (PT) e o Congresso Nacional; “Temos que reunificar o país, temos que pacificar o país, temos que ter harmonia no país. Nós precisamos acabar com eventuais divergências entre brasileiros”

Vice-presidente da República, Michel Temer, esteve hoje em Belo Horizonte para a convenção estadual do PMDB e em seu discurso voltou a falar na "reunificação do país" no momento de crise política entre o governo Dilma Rousseff (PT) e o Congresso Nacional; “Temos que reunificar o país, temos que pacificar o país, temos que ter harmonia no país. Nós precisamos acabar com eventuais divergências entre brasileiros”
Vice-presidente da República, Michel Temer, esteve hoje em Belo Horizonte para a convenção estadual do PMDB e em seu discurso voltou a falar na "reunificação do país" no momento de crise política entre o governo Dilma Rousseff (PT) e o Congresso Nacional; “Temos que reunificar o país, temos que pacificar o país, temos que ter harmonia no país. Nós precisamos acabar com eventuais divergências entre brasileiros” (Foto: José Barbacena)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O vice-presidente da República, Michel Temer, esteve hoje em Belo Horizonte para a convenção estadual do PMDB e em seu discurso voltou a falar na "reunificação do país" no momento de crise política entre o governo Dilma Rousseff (PT) e o Congresso Nacional. “Temos que reunificar o país, temos que pacificar o país, temos que ter harmonia no país. Nós precisamos acabar com eventuais divergências entre brasileiros”.

Nos últimos meses, o Planalto tem tentado reunificar a base aliada, da qual o PMDB faz parte, e articula a manutenção dos vetos de Dilma à chamada “pauta-bomba”, que, em meio a medidas do governo para reduzir gastos, elevam as despesas da União. Em agosto deste ano, o vice-presidente convocou jornalistas ao seu gabinete no Planalto para afirmar que a situação política do país era “grave” e que o Brasil precisava de alguém que o reunificasse.

Na convenção, o vice-governador de Minas Gerais, Antônio Andrade, foi reeleito presidente estadual da legenda.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247