TSE retoma julgamento sobre cassação da chapa Bolsonaro-Mourão

Na semana passada o TSE arquivou uma Ação de Investigação Judicial Eleitoral de PT-PCdoB-Pros que denunciava a chapa por abuso do poder

Bolsonaro, TSE e Mourão
Bolsonaro, TSE e Mourão (Foto: ABr | Alan Santos/PR)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) irá retomar nesta terça-feira, 30, o julgamento da chapa Bolsonaro-Mourão, que são acusados de abuso eleitoral. As ações pedem a cassação dos diplomas e a inelegibilidade de Jair Bolsonaro e Hamilton Mourão. O julgamento deve começar por volta das 19h.

Os ministros do TSE julgam a invasão e mudança de conteúdo da página do grupo “Mulheres Unidas contra Bolsonaro”, que tinha mais de 2,7 milhões de pessoas. A militância virtual bolsonarista invadiu a página e tornou-a defensora do governo.

O julgamento foi interrompido por pedido de vista do ministro Alexandre de Moraes. O placar estava 3 votos a 2 pelo retorno dos processos à fase de instrução para a produção de prova pericial.

Na semana passada o TSE arquivou uma Ação de Investigação Judicial Eleitoral de PT-PCdoB-Pros que denunciava a chapa por abuso do poder. A decisão foi unânime pelos ministros Og Fernandes, Luís Felipe Salomão, Tarcísio Vieira de Carvalho Neto, Sérgio Banhos, Edson Fachin, Alexandre de Moraes e Luís Roberto Barroso.

Ao todo o TSE tem sete ações que pedem a cassação da chapa Bolsonaro-Mourão.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247