“Vamos reforçar as mobilizações pela liberdade de Lula”, afirma Gleisi

"Ontem assistimos o rompimento da ordem democrática, um ataque ao devido processo legal, ao estado democrático de direito. Isso vai levar o país a uma maior instabilidade", afirmou a presidente nacional do PT, senadora Gleisi Hoffmann, depois da reunião da Executiva do partido; ela anunciou ainda um reforço no calendário de mobilizações pela liberdade do ex-presidente e pelo direito de Lula disputar as eleições

“Vamos reforçar as mobilizações pela liberdade de Lula”, afirma Gleisi
“Vamos reforçar as mobilizações pela liberdade de Lula”, afirma Gleisi

247 - A presidente nacional do PT, senadora Gleisi Hoffmann, anunciou nesta segunda-feira 9, dia de reunião da Executiva do partido, que movimentos entrarão com representação contra o juiz Sergio Moro e os desembargadores Gebran Neto e Thompson Flores, do TRF4, junto ao CNJ. A Corregedoria da Polícia Federal também deve ser acionada.

"Ontem assistimos o rompimento da ordem democrática, um ataque ao devido processo legal, ao estado democrático de direito. Isso vai levar o país a uma maior instabilidade", declarou. "Consideramos extremamente grave o que aconteceu e queremos reiterar que vamos registrar o presidente Lula como candidato no dia 15 de agosto", acrescentou.

Gleisi anunciou ainda um reforço no calendário de mobilizações pela liberdade do ex-presidente Lula e pelo direito de Lula disputar as eleições em outubro. A presidente do PT anunciou que o partido deve reforçar a divulgação de um abaixo assinado contra a prisão e a intensificação dos atos por Lula Livre.

"Vamos reforçar as mobilizações e também a divulgação da carta de Lula em que ele denuncia essas manobras para impedir sua liberdade e candidatura", ressaltou.

Ao vivo na TV 247 Youtube 247