Vencedores do Nobel da Paz em 2015 apoiam Nobel da Paz para Lula em 2019

"Cresce o movimento internacional para que o ex-presidente Lula receba o prêmio Nobel da Paz este ano. A União Geral Tunisiana do Trabalho (UGTT), central sindical da Tunísia e uma das vencedoras do prêmio Nobel da Paz de 2015, confirmou nesta semana o apoio à candidatura de Lula ao Prêmio Nobel da Paz de 2019", informa o Boletim da Resistência Democrática

Vencedores do Nobel da Paz em 2015 apoiam Nobel da Paz para Lula em 2019
Vencedores do Nobel da Paz em 2015 apoiam Nobel da Paz para Lula em 2019 (Foto: Ricardo Stuckert)

247 – "Cresce o movimento internacional para que o ex-presidente Lula receba o prêmio Nobel da Paz este ano. A União Geral Tunisiana do Trabalho (UGTT), central sindical da Tunísia e uma das vencedoras do prêmio Nobel da Paz de 2015, confirmou nesta semana o apoio à candidatura de Lula ao Prêmio Nobel da Paz de 2019", informa o Boletim da Resistência Democrática. 

Confira abaixo:

Boletim 337 – Comitê Popular em Defesa de Lula e da Democracia
Direto de Curitiba – 22/1/2019 – 291 dias de resistência – 20h30

1. Cresce o movimento internacional para que o ex-presidente Lula receba o prêmio Nobel da Paz este ano. A União Geral Tunisiana do Trabalho (UGTT), central sindical da Tunísia e uma das vencedoras do prêmio Nobel da Paz de 2015, confirmou nesta semana o apoio à candidatura de Lula ao Prêmio Nobel da Paz de 2019. O prazo para que novos apoiadores possam aderir à campanha termina no dia 31 de janeiro. http://www.pt.org.br/mais-um-vencedor-do-nobel-da-paz-indicara-lula-para-receber-o-premio/

2. Militantes do PT do Rio de Janeiro e de Serra Talhada, no Interior de Pernambuco, participaram nesta terça (22) do "Boa tarde, Presidente Lula" e junto com militantes e apoiadores que estão sempre na Vigília, cantaram pela liberdade do ex-presidente embalados por canções da artista popular curitibana Susi Monte Serrat. Os presentes também aproveitaram para mandar um recado ao Clã Bolsonaro, que se afunda em denúncias de corrupção, com um #EleNão escrito com laranjas. Confira as imagens: https://bit.ly/2WaFKy8

3. Luiz Inácio Lula da Silva falou pela primeira vez como Presidente do Brasil no Fórum Econômico Mundial de Davos no dia 26 de fevereiro de 2003. Em um gesto simbólico, alguns dias antes, ele esteve no Fórum Social Mundial, em Porto Alegre, um evento alternativo que buscava se contrapor justamente ao que Davos representa. O ex-presidente, que saiu do evento ovacionado e fortalecido como liderança global, usou sua fala para dizer que "a erradicação da fome pressupõe transformações estruturais, exige a criação de empregos dignos, mais e melhores investimentos". Leia mais: http://www.pt.org.br/em-2003-lula-defendia-combate-a-fome-no-forum-de-davos/

Boletim 337 – Comitê Popular em Defesa de Lula e da Democracia
Direto de Curitiba – 22/1/2019 – 291 dias de resistência – 20h30

Abaixo, reportagem sobre o Nobel da Paz de 2015 do portal G1:

O Quarteto de Diálogo Nacional da Tunísia ganhou nesta sexta-feira (9) o Prêmio Nobel da Paz de 2015, "por sua decisiva contribuição para a construção de uma democracia pluralista no país durante a revolução de 2011", segundo o comitê que entrega o prêmio.

O quarteto foi formado em 2013, quando o processo de redemocratização do país estava correndo risco de colapsar após assassinatos políticos e protestos se espalharem pelo país.

Ele é composto por quatro organizações: a União Geral Tunisiana do Trabalho (UGTT, um sindicato), a União Tunisiana da Indústria, do Comércio e do Artesanato (Utica, patronato), a Ordem Nacional dos Advogados da Tunísia (ONAT) e a Liga Tunisiana dos Direitos Humanos (LTDH).

As organizações dividirão os 8 milhões de coroas suecas (US$ 963 mil) concedidos pelo prêmio, que será entregue em 10 de dezembro em Oslo, na Noruega.

Durante o anúncio, o comitê do Nobel afirmou que o quarteto "estabeleceu uma alternativa, um processo político pacífico em um período no qual o país estava à beira de uma guerra civil" e foi "instrumental ao permitir que a Tunísia, em um espaço de alguns anos, estabelecesse um sistema de governo constitucional".

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247