Venezuela gera debate na reunião da Executiva Nacional do PT

A ida de Gleisi Hoffmann à posse de Nicolás Maduro, na Venezuela, foi tema de debate entre a presidente do PT e Fernando Haddad, em reunião da Executiva Nacional do partido neste sábado, 9, em São Paulo; Haddad foi questionado por Valter Pomar sobre "declarações públicas" a respeito da ida da presidente do partido à posse de Maduro; o ex-prefeito respondeu que suas críticas foram de método, não de mérito 

Venezuela gera debate na reunião da Executiva Nacional do PT
Venezuela gera debate na reunião da Executiva Nacional do PT (Foto: Ricardo Stuckert)

247 - A ida de Gleisi Hoffmann à posse de Nicolás Maduro, na Venezuela, foi tema de debate entre a presidente do PT e Fernando Haddad, em reunião da Executiva Nacional do partido neste sábado, 9, em São Paulo. Haddad foi questionado por Valter Pomar sobre "declarações públicas" a respeito da ida da presidente do partido à posse de Maduro. O ex-prefeito respondeu que suas críticas foram de método, não de mérito. 

A reportagem do jornal O Estado de S. Paulo destaca que "segundo relatos, durante o encontro Haddad teria argumentado que suas críticas à viagem de Gleisi foram de 'método e não de mérito'. Ainda na Executiva, Gleisi tomou o microfone e rebateu Haddad. 'Eu discordo dele. Acho que não é só questão de método. Tem um fundo político nisso. O PT tem que discutir, mas já temos uma posição pública que é a defesa da autodeterminação dos povos, da soberania e do reconhecimento do resultado das eleições', disse a presidente do partido."

A matéria acrescenta: "após a reunião que marcou a passagem dos 39 anos de fundação do PT, Gleisi e Haddad trocaram afagos. A presidente do partido saudou o ex-prefeito pelos mais de 47 milhões de votos recebidos na eleição presidencial, na qual foi derrotado por Jair Bolsonaro no segundo turno. Haddad retribuiu com um beijo no rosto da deputada."

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247