Vice do PT: “fala de Graça desmontou oposição”

Em entrevista ao 247, deputado José Guimarães (CE), vice-presidente nacional do PT, avaliou que o depoimento da presidente da Petrobras ontem no Senado "conseguiu desmontar o discurso da oposição, com argumentos"; segundo ele, números da estatal foram apresentados por Graça Foster com consistência, numa fala com "absoluta transparência" e segurança; "É claro que a oposição vai continuar insistindo [para uma CPI], mas já está clara a questão de Pasadena, que foi um bom negócio à época, mas depois viu-se que não", afirmou; tucano Aécio Neves já declarou que depoimento reforça necessidade de CPI

Em entrevista ao 247, deputado José Guimarães (CE), vice-presidente nacional do PT, avaliou que o depoimento da presidente da Petrobras ontem no Senado "conseguiu desmontar o discurso da oposição, com argumentos"; segundo ele, números da estatal foram apresentados por Graça Foster com consistência, numa fala com "absoluta transparência" e segurança; "É claro que a oposição vai continuar insistindo [para uma CPI], mas já está clara a questão de Pasadena, que foi um bom negócio à época, mas depois viu-se que não", afirmou; tucano Aécio Neves já declarou que depoimento reforça necessidade de CPI
Em entrevista ao 247, deputado José Guimarães (CE), vice-presidente nacional do PT, avaliou que o depoimento da presidente da Petrobras ontem no Senado "conseguiu desmontar o discurso da oposição, com argumentos"; segundo ele, números da estatal foram apresentados por Graça Foster com consistência, numa fala com "absoluta transparência" e segurança; "É claro que a oposição vai continuar insistindo [para uma CPI], mas já está clara a questão de Pasadena, que foi um bom negócio à época, mas depois viu-se que não", afirmou; tucano Aécio Neves já declarou que depoimento reforça necessidade de CPI (Foto: Gisele Federicce)

Gisele Federicce, 247 – As mais de seis horas de depoimento da presidente da Petrobras, Graça Foster, em audiência pública conjunta no Senado nesta terça-feira 14 "conseguiu desmontar a oposição". A avaliação é do vice-presidente do PT, deputado José Guimarães (CE). Em entrevista ao 247, ele afirmou que "fazia tempo que não via aqui na Casa uma exposição de tamanha consistência".

"Ela conseguiu desmontar a oposição, com argumentos. A presidenta expôs em números a realidade da Petrobras e mostrou claramente para nós que, das seis maiores empresas petrolíferas do mundo, a Petrobras, mesmo com todos os agourentos, é a que está no verde. Todos os números apresentados desconstituem o discurso da oposição", afirmou José Guimarães.

Segundo ele, com a fala "tranquila e segura" diante das perguntas dos senadores, numa sessão que teve início às 10h50 e durou até por volta de 17h, com apenas um intervalo para o almoço, a presidente da Petrobras deixou claro que todo o plano de investimento da empresa está mantido.

"E deixou mais claro ainda que se tem alguma coisa errada, a empresa tem dois compromissos: o de fazer auditorias internas e o total compromisso com os órgãos que acompanham tudo na Petrobras, como CGU (Controladoria-Geral da União) e TCU (Tribunal de Contas da União). Portanto, ela não tem nada a esconder", acrescentou o deputado.

Pasadena

A respeito da compra da refinaria de Pasadena, a avaliação do vice-presidente petista é de que a questão já estava esclarecida, mas que a fala de Graça Foster "deu total credibilidade" ao caso. "Já está clara a questão de Pasadena, que foi um bom negócio à época, mas depois viu-se que não", resumiu. 

"É claro que a oposição vai continuar insistindo [para criar uma CPI]", acrescentou, no entanto, sobre a possibilidade de se diminuir a pressão por uma investigação no Congresso. Ontem mesmo o presidente do PSDB, senador Aécio Neves, declarou que o depoimento de Graça reforça a necessidade de CPI. "Ela deixou claro que a compra de Pasadena foi um mal negócio. Se apurado que houve dolo, as pessoas têm que ser punidas", disse Aécio.

"Calou fundo"

O teste de fogo pelo qual passou a executiva da estatal brasileira no Senado "calou fundo aqui no Congresso", disse Guimarães. "A própria oposição deve ter dito 'a mulher é boa'. A fala dela deixou a oposição pensando duas vezes", opinou o petista. Para o deputado, o PT agora está no caminho certo no sentido de "ir para cima e defender a Petrobras", como sustentou o ex-presidente Lula em entrevista na semana passada.

Nesta quarta-feira 16, é a vez de o ex-diretor da área internacional da Petrobras Nestor Cerveró dar sua visão dos fatos em depoimento durante audiência pública na Câmara. Para confirmar a versão de Graça Foster, que afirmou ontem que Cerveró, responsável pela elaboração de um resumo executivo incompleto sobre a compra da refinaria, em 2006, ele terá que voltar atrás em suas próprias declarações.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247