Vital: 'CPI não pode virar horário político na TV'

Presidente das duas CPIs da Petrobras no Congresso Nacional, senador Vital do Rêgo (PMDB-PB), defende a manutenção das duas comissões e diz que os depoimentos prestados até agora foram “eminentemente técnicos”; “Nós não podemos transformá-la em um horário político da TV. Nossa obrigação é investigar se o fato determinado merece a apuração e a punição pelo poder judiciário”, disse

Presidente da CCJ, senador Vital do Rêgo (PMDB-PB) conduz análise do projeto que confere poder de polícia às guardas municipais (PLC 39/2014)
Presidente da CCJ, senador Vital do Rêgo (PMDB-PB) conduz análise do projeto que confere poder de polícia às guardas municipais (PLC 39/2014) (Foto: Roberta Namour)

247 – O presidente das duas CPIs da Petrobras no Congresso Nacional, senador Vital do Rêgo (PMDB-PB), defendeu a manutenção das duas comissões.

Em entrevista ao Poder Online, ele diz que os depoimentos prestados até agora foram “eminentemente técnicos” e que espera “poder acreditar” que seus colegas não transformarão as investigações em um “horário político da TV”. “Nossa obrigação é investigar se o fato determinado merece a apuração e a punição pelo poder judiciário”, disse. 

Segundo ele, após o boicote à CPI do Senado, a oposição foi convidada explicitamente pelo deputado Marco Maia (PT-RS), relator da comissão mista, a contribuir com a escolha dos depoimentos e o calendário de atividades (leia mais).

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247