'Vitória vai reconectar o governo com a sociedade'

Ministro das Comunicações, Edinho Silva, diz que aposta no apoio da grande maioria do PMDB contra o impeachment de Dilma Rousseff: ‘Nos acreditamos muito na tradição do PMDB. Depois do PT, é o partido com maior número de ministérios. Portanto, tem responsabilidade com a governabilidade’; ele também afirma que não interessa ao governo que seja deflagrada uma “guerra política pelas ruas do Brasil” e que a vitória no processo trará reconexão do Planalto com a sociedade; ‘Claro que, se houver uma radicalização por parte daqueles que querem interromper de uma forma golpista o mandato legítimo das urnas, haverá mobilização’ 

Ministro das Comunicações, Edinho Silva, diz que aposta no apoio da grande maioria do PMDB contra o impeachment de Dilma Rousseff: ‘Nos acreditamos muito na tradição do PMDB. Depois do PT, é o partido com maior número de ministérios. Portanto, tem responsabilidade com a governabilidade’; ele também afirma que não interessa ao governo que seja deflagrada uma “guerra política pelas ruas do Brasil” e que a vitória no processo trará reconexão do Planalto com a sociedade; ‘Claro que, se houver uma radicalização por parte daqueles que querem interromper de uma forma golpista o mandato legítimo das urnas, haverá mobilização’ 
Ministro das Comunicações, Edinho Silva, diz que aposta no apoio da grande maioria do PMDB contra o impeachment de Dilma Rousseff: ‘Nos acreditamos muito na tradição do PMDB. Depois do PT, é o partido com maior número de ministérios. Portanto, tem responsabilidade com a governabilidade’; ele também afirma que não interessa ao governo que seja deflagrada uma “guerra política pelas ruas do Brasil” e que a vitória no processo trará reconexão do Planalto com a sociedade; ‘Claro que, se houver uma radicalização por parte daqueles que querem interromper de uma forma golpista o mandato legítimo das urnas, haverá mobilização’  (Foto: Roberta Namour)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 – O ministro das Comunicações, Edinho Silva, disse que aposta no apoio da grande maioria do PMDB contra o impeachment de Dilma Rousseff: ‘Nos acreditamos muito na tradição do PMDB. Depois do PT, é o partido com maior número de ministérios. Portanto, tem responsabilidade com a governabilidade’.

Em entrevista ao Globo, ele também afirma que não interessa ao governo que seja deflagrada uma “guerra política pelas ruas do Brasil” e que a vitória no processo trará reconexão do Planalto com a sociedade.

‘Claro que, se houver uma radicalização por parte daqueles que querem interromper de uma forma golpista o mandato legítimo das urnas, haverá mobilização’, completa.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247