Weber nega HC contra suspensão da posse de Lula

Ministra Rosa Weber, do supremo Tribunal Federal, negou nesta terça-feira, 22, o pedido de habeas corpus impetrado pela defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e assinado por vários juristas brasileiros contra suspensão da nomeação dele como ministro da Casa Civil do governo da presidente Dilma Rousseff; "Ante o exposto, não ultrapassando por qualquer ângulo o juízo de cognoscibilidade, a despeito da delicadeza e complexidade do tema de fundo, nego seguimento ao presente habeas corpus", escreveu a ministra em decisão  

Ministra Rosa Weber, do supremo Tribunal Federal, negou nesta terça-feira, 22, o pedido de habeas corpus impetrado pela defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e assinado por vários juristas brasileiros contra suspensão da nomeação dele como ministro da Casa Civil do governo da presidente Dilma Rousseff; "Ante o exposto, não ultrapassando por qualquer ângulo o juízo de cognoscibilidade, a despeito da delicadeza e complexidade do tema de fundo, nego seguimento ao presente habeas corpus", escreveu a ministra em decisão
 
Ministra Rosa Weber, do supremo Tribunal Federal, negou nesta terça-feira, 22, o pedido de habeas corpus impetrado pela defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e assinado por vários juristas brasileiros contra suspensão da nomeação dele como ministro da Casa Civil do governo da presidente Dilma Rousseff; "Ante o exposto, não ultrapassando por qualquer ângulo o juízo de cognoscibilidade, a despeito da delicadeza e complexidade do tema de fundo, nego seguimento ao presente habeas corpus", escreveu a ministra em decisão   (Foto: Aquiles Lins)

Do Infomoney - A ministra do Supremo Tribunal Federal Rosa Weber negou seguimento ao pedido de habeas corpus de número 133605, encaminhado pela defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Os advogados do líder petista tentavam invalidar a liminar concedida por Gilmar Mendes para suspender a nomeação ao ministério da Casa Civil.

"Ante o exposto, não ultrapassando por qualquer ângulo o juízo de cognoscibilidade, a despeito da delicadeza e complexidade do tema de fundo, nego seguimento ao presente habeas corpus", escreveu a ministra em decisão.

Rosa Weber foi citada em uma das gravações telefônicas do ex-presidente com o ministro Jaques Wagner, divulgadas pela Operação Lava Jato na semana passada. Lula teria pedido ao então articulador político do governo para intervir na decisão da ministra do Supremo sobre outra ação contra ele na operação

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247