Brasil 247: o seu jornal digital 24 horas por dia, 7 dias por semana.

Brasília 247


Condenação de Lula será ancorada em delações

Na falta de provas concretas, a possível condenação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no caso do tríplex do Guarujá deverá ter como base somente delações, em especial a do empreiteiro Léo Pinheiro, da OAS; nas alegações finais da Procuradoria na ação, última manifestação dos acusadores antes da sentença, o depoimento de Pinheiro, concedido a Sérgio Moro em abril, é citado cerca de 60 vezes pelos procuradores na argumentação a favor da condenação de Lula; embora Moro já tenha feito condenações sem provas, os tribunais superiores têm mandando um recado contrário; ontem, o Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), em Porto Alegre, anulou a decisão de Moro e absolveu o ex-tesoureiro do Partido dos Trabalhadores (PT) João Vaccari Neto precisamente por este motivo; os desembargadores entenderam que não pode haver condenações com base apenas em delações premiadas

Globo: Temer entra para a história pela porta dos fundos

Co-responsável pelo golpe que derrubou a presidente legítima Dilma Rousseff e destruiu a imagem e a economia do Brasil, a Globo tem agora um pepino nas mãos, chamado Michel Temer; diante das provas irrefutáveis de corrupção e fisiologismo, a Globo está em campanha aberta para se distanciar de Temer e removê-lo do Planalto —aonde, vale lembrar, ele não teria chegado sem seu apoio; nesta quarta, o conglomerado da família Marinho divulgou um duro editorial contra o peemededebista, em que diz com todas as letras: Temer entrará para a história pela porta dos fundos


Fechar