Lelê TelesVoltar para CAPA do 247

MÍDIA

Duvivier: imprensa tenta tirar Haddad à força do campo democrático

Divulgação HBO: <p>Greg News, Gregório Duvivier</p>

O humorista Gregório Duvivier afirma que há uma tentativa artificial por parte de articulistas da grande imprensa de taxar Haddad de antidemocrático; para Duvivier, há um desespero por parte desses comentadores em aceitar o resultado das pesquisas de opinião que recoloca o PT virtualmente no governo mais uma vez; Duvivier diz: "ao tentar expulsar à força um dos candidatos do campo democrático, nossos articulistas acabam por mostrar que eles mesmos não estão no campo democrático"

Revista Brasil 247

Revista do dia

Colunistas

Colunista

O último jogo sujo contra Haddad

Guilherme Coutinho

O vazamento de uma delação sem provas é um provável jogo sujo a ser usado. Outra tragédia anunciada é a exploração midiática de Adélio Bispo de Oliveira, o autor da facada em Bolsonaro

Colunista

Programa de Alckmin esconde que PSDB igualou o Brasil à Venezuela

Geraldo Seabra

A proximidade com a Venezuela é resultado do golpe, que fez a economia do país rolar de ladeira abaixo, queimar mais de 13 milhões de empregos dos 17 milhões criados durante os quase 14 anos de governos petistas, ter PIB negativo e penar com mais inflação e desabastecimento provocados por uma inédita greve de caminhoneiros

Colunista

Leitura das pesquisas

Sebastião Costa

A disputa sempre se afunilou entre a esquerda petista e um candidato à direita do espectro ideológico - Collor, FHC de centro-direita e agora Bolsonaro surfando nas ondas da extrema-direita e caminhando de mãos dadas com um general admirador das metodologias pouco sutis de seu colega Brilhante Ustra

Colunista

Habitação para todos

Cris Santos

O governo golpista, contudo, ignora as necessidades da sociedade e sinaliza com mais cortes de gastos na área da habitação, uma queda de 6,2 bilhões em investimento em moradia para 2019. Isso significa uma redução de cerca de 44 mil unidades para o próximo ano

Colunista

O que a Argentina e o Uruguai têm a ver com o Brasil de hoje

Cristiano Lima

O governo de Mauricio Macri que nas eleições de 2015 foi abraçado pela classe média, tem sido noticia em quase todo o mundo, com exceção do Brasil, que em vésperas de eleição, oferece no cardápio de candidatos uma direita e uma extrema direita que não escondem os seus desejos de serventia ao neoliberalismo

Colunista

Em defesa dos bancos públicos e de seus trabalhadores

Expedito Veloso

A concentração no setor dos bancos causa taxas de juros proibitivos ao setor produtivo que busca crédito para custeio ou investimento, bem como ao cidadão consumidor de serviços bancários. Aí entra o papel dos bancos públicos, em atuação que concilia busca de rentabilidade com desempenho de políticas públicas para o desenvolvimento econômico e social do País

Colunista

A aventura política de Bolsonaro & Macri

Guillermo Gomez

O que aconteceria se Bolsonaro ganhasse a presidência? Não só que a recessão econômica pioraria, mas também que entraríamos em uma espiral de hiperinflação como na Argentina. Quando Bolsonaro vendesse as empresas para o capital estrangeiro, elas automaticamente dolarizariam a economia do Brasil, pulverizando assim os salários em moeda nacional

Colunista

Pitacos sobre as pesquisas

Daniel Samam

Está em curso uma manipulação pesada para induzir o eleitor de que só Alckmin e Ciro tem capacidade de vencer Bolsonaro no segundo turno. No entanto, os dados do último Datafolha revelam o contrário

Colunista

Diga não a Bolsonaro

Luis Filipe Chateaubriand

Este país tem sérios problemas, mas a democracia não é um deles – bem ao contrário, é solução, não problema. Não deixe que um farsante mal intencionado tenha o poder de decidir os destinos da Nação. O senso de lógica, justiça e dignidade tem que falar mais alto: ELE NÃO!

Colunista

PSDB golpeou democracia e produziu intolerância e ódio

César Fonseca

FHC não fala a verdade na sua carta aos eleitores e eleitoras a clamar tolerância e união contra a marcha da insensatez radical do "eles contra nós". O cinismo aflora na fala do ex-presidente. Não há sinceridade. Se tivesse, ele faria como o senador cearense tucano Tasso Jereissati, que botou o dedo na ferida

Colunista

Civilização ou barbárie

Marcelo Gruman

Percebo que a sociedade brasileira é intolerante e violenta. Nunca deixou de ser, afinal de contas. O homem cordial de “Raízes do Brasil” ficou para trás. Não quero isso para o meu filho, ele não merece crescer em meio a tanto ódio, nem eu, pensando bem, nem ninguém

Colunista

Batalha mais importante é pela maioria no Congresso

Jose Carlos de Assis

A estratégia que estamos usando para ter a maioria progressista é simples. Estamos mostrando ao eleitor como deputados e senadores votaram durante o governo Temer. Eles constituíram uma maioria espúria para votar contra os interesses dos trabalhadores na chamada reforma trabalhista, votaram a emenda 95 que zerou os orçamentos públicos por 20 anos, degradando as funções governamentais de saúde, educação e segurança, e acima de tudo literalmente venderam o pré-sal a preço de banana para as multinacionais

Colunista

Memória da ditadura, memória da filha de um bravo

Urariano Mota

Em dados objetivos, um jornalista diria que o livro Nasci Subversiva será lançado em dezembro pela Mundo aflora Edições. A obra foi publicada primeiro em inglês sob o título de “Born Subversive”. E sua autora, Nadejda Marques, é filha única de Jarbas Pereira Marques, um dos militantes assassinados no Recife sob encomenda do Cabo Anselmo

Colunista

Civilização ou barbárie?

Roberto Amaral

O quadro de outubro próximo, visto pura e simplesmente do ponto de vista eleitoral, ou seja, na sua aparência, ensejará, a escolha entre o capitão e a alterativa representada por Fernando Haddad ou Ciro Gomes

Colunista

Sinais e estocadas

Adilson Roberto Gonçalves

O Datafolha e o Ibope mostram que Bolsonaro chegou ao seu limite e caiu significativamente o número de indecisos. Com a derrocada de Marina Silva, é o crescimento da esquerda que é notório. O capitão perde de todos no segundo turno e, com a confirmação de Haddad, a dúvida é se o extrema direita consegue passar do primeiro turno

Colunista

A safadeza do ‘em defesa da família’

Jean Menezes de Aguiar

'Família', nessa codificação preconceituosa de quem se propõe a 'defendê-la', tornou-se um asco intelectual, um fator de obscurantismo próprio de intolerantes. Usam a expressão 'em defesa da família' para afastar modelos familiais que não aprovam, efetivamente odeiam, querem proibir e cercear