(photo: Divulgação)
22.11.2017, 11:58

Azul anuncia novos destinos regulares e incremento de voos para alta estação em seu Hub no Recife

Motivada pela expansão substancial das operações em seu hub no Recife e pela crescente demanda do mercado, a Azul anunciou o incremento de algumas frequências para a alta estação, entre dezembro deste ano e fevereiro de 2018 (Guarulhos-Recife, Confins-Recife, Recife-Fortaleza, Recife-Maceió, Recife-João Pessoa e Recife-Natal); isso representará a maior operação da companhia em Pernambuco, com 100 movimentos diários para 25 destinos diferentes

Motivada pela expansão substancial das operações em seu hub no Recife e pela crescente demanda do mercado, a Azul anunciou o incremento de algumas frequências para a alta estação, entre dezembro deste ano e fevereiro de 2018 (Guarulhos-Recife, Confins-Recife, Recife-Fortaleza, Recife-Maceió, Recife-João Pessoa e Recife-Natal). De acordo com a Secretaria de Turismo de Pernambuco, isso representará a maior operação da companhia em Pernambuco, com 100 movimentos diários para 25 destinos diferentes. Além disso, a companhia divulgou a criação de duas rotas inéditas. A partir de agora, a capital pernambucana também se liga diretamente e de maneira regular a Paulo Afonso, na Bahia, e a Cuiabá, no Mato Grosso.

Desde o início das operações em Pernambuco, o Hub da Azul registrou um crescimento de 35% no número de voos operados na capital pernambucana em relação ao mesmo período do ano passado. Em janeiro de 2018, a Azul oferecerá 124% a mais de assentos em relação ao mesmo mês em 2017.

A ampliação da oferta de voos desde a instalação do hub levou a um aumento substancial na demanda de passageiros. De acordo com números apresentados pela Azul, em 2017, a companhia bateu o recorde de clientes transportados no Recife, numa alta de 55%. Até outubro, foram 1,034 milhão de passageiros, contra 665 mil no mesmo período do ano passado.

De acordo com o secretário de Turismo, Esportes e Lazer de Pernambuco, Felipe Carreras, “os investimentos que a Azul tem feito no Recife são provas do compromisso da companhia com o fortalecimento do mercado local. Com a ampliação das operações do Hub e o consequente crescimento da oferta, cresceu também o número de passageiros. Assim, alcançamos um patamar inédito no Turismo em Pernambuco, quebrando um recorde atrás do outro e injetando milhões de reais na economia do nosso estado”, destacou. 

O diretor de planejamento de malha da Azul, Daniel Tkacz, afirmou que a expansão das operações no Recife é resultado do esforço da companhia em oferecer mais opções de voos e da política de investimentos massivos no mercado nordestino. “Há algum tempo, a Azul planejava solidificar um hub na região. Com a escolha do Recife, é natural que busquemos criar uma rede de conexões de e para a capital pernambucana. Mas ainda não estamos satisfeitos. Queremos ampliar ainda mais a oferta de voos, destinos e assentos em Pernambuco”, garantiu.