Acusado de barrar Mendonça no STF, Ciro Nogueira diz que 'falta informação' a Malafaia

Acusado pelo pastor Silas Malafaia de tentar barrar a indicação de André Mendonça ao STF, o ministro da Casa Civil, Ciro Nogueira, chefe do “Centrão”, afirmou que todas as determinações de Bolsonaro "serão cumpridas sempre"

(Foto: ABr)
Siga o Brasil 247 no Google News

247 - Acusado pelo pastor Silas Malafaia de tentar barrar a indicação de André Mendonça (preferido do setor evangélico no governo Jair Bolsonaro) ao Supremo Tribunal Federal (STF), o ministro da Casa Civil, Ciro Nogueira, chefe do “Centrão”, afirmou, nesta terça-feira, 12, que todas as determinações de Bolsonaro "serão cumpridas sempre".

Ele ainda disse que o empresário da fé desconhece a atuação dos ministros do Palácio do Planalto. Além de Nogueira, Malafaia acusa outros ministros do “Centrão” de tentar barrar Mendonça: a ministra-chefe da Secretaria de Governo, Flávia Arruda, e o ministro das Comunicações, Fábio Faria.

Ciro afirmou que é “um auxiliar do presidente da República e todas as suas determinações serão cumpridas sempre. Acho que falta informação a esse pastor sobre a nossa atuação”. Ele ainda destacou que a estratégia do pastor para pressionar pela indicação de Mendonça no Senado pode acabar atrapalhando, pois muitos senadores são contra.

PUBLICIDADE

Tomando conhecimento das declarações do ministro, Malafaia comemorou em suas redes sociais.

"JÁ VALEU O VÍDEO QUE FIZ KKKKK o ministro Ciro Nogueira que vive nas sombras escondido, se manifestou sobre o meu vídeo, mesmo não sendo direto com os jornalistas, para dizer que apoia André Mendonça. Não desmentiu que se encontrou com Renan Calheiros. BOTA A CARA PARA FORA!", escreveu.

PUBLICIDADE

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email