Agente secreto do governo trabalha disfarçado de vigilante na UNB

Revelação surgiu em meio a uma briga entre o Ministério da Economia e uma empresa ‘clube de descontos’

Protesto na UNB
Protesto na UNB

Carta Capital - Um agente secreto da Agência Brasileira de Inteligência (Abin) trabalha disfarçado de vigilante na Universidade de Brasília (UnB). Ele é um “oficial de inteligência”, o topo da carreira na Abin, do qual se exige ensino superior e a produção de relatórios, por exemplo.

A informação sobre o posto desse “espião”, que deveria ser sigilosa por causa do tipo de atividade, faz parte de uma investigação em curso no Tribunal de Contas da União (TCU) sobre um processo seletivo realizado pelo Ministério da Economia em 2019.

Leia na íntegra na Carta Capital

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247