Agredido por Aloysio, Pilha agora desmente a Folha

Depois de ser insultado pelo senador Aloysio Nunes (PSDB-SP) após uma pergunta relacionada ao cartel dos trens em São Paulo, o blogueiro Rodrigo Grassi, conhecido como Rodrigo Pilha, divulgou mais um vídeo; desta vez, para questionar uma reportagem da Folha de S. Paulo, que apontou que ele foi preso após atirar uma garrafa no parlamentar tucano; imagens mostram que ele deixou a garrafa cair no chão; assista

Depois de ser insultado pelo senador Aloysio Nunes (PSDB-SP) após uma pergunta relacionada ao cartel dos trens em São Paulo, o blogueiro Rodrigo Grassi, conhecido como Rodrigo Pilha, divulgou mais um vídeo; desta vez, para questionar uma reportagem da Folha de S. Paulo, que apontou que ele foi preso após atirar uma garrafa no parlamentar tucano; imagens mostram que ele deixou a garrafa cair no chão; assista
Depois de ser insultado pelo senador Aloysio Nunes (PSDB-SP) após uma pergunta relacionada ao cartel dos trens em São Paulo, o blogueiro Rodrigo Grassi, conhecido como Rodrigo Pilha, divulgou mais um vídeo; desta vez, para questionar uma reportagem da Folha de S. Paulo, que apontou que ele foi preso após atirar uma garrafa no parlamentar tucano; imagens mostram que ele deixou a garrafa cair no chão; assista (Foto: Leonardo Attuch)

Brasília 247 - As imagens são claras. Ao ser questionado sobre seu suposto envolvimento com o cartel dos trens em São Paulo, o senador Aloysio Nunes (PSDB-SP) manda o blogueiro Rodrigo Grassi à "puta que te pariu" e o chama de "vagabundo" (assista aqui). Além disso, corre em direção ao blogueiro, conhecido como Rodrigo Pilha, e diz que gostaria de ter-lhe dado um "pescoção".

Sobre a pergunta em si, ela jamais poderia ser considerada agressiva, uma vez que um ex-diretor da Siemens, chamado Everton Rheinrheimer, apontou o envolvimento de Aloysio Nunes com o caso Alstom-Siemens (leia aqui reportagem do Estado de S. Paulo a respeito). Ou seja: Grassi, mesmo tendo sido assessor da deputada Érica Kokay (PT-DF), ao dirigir uma pergunta ao senador, exerceu um direito legítimo, garantido pela Constituição Brasileira. Uma pergunta que poderia ter sido respondida ou não pelo senador com mais equilíbrio, educação e serenidade.

No entanto, ao noticiar o caso, Globo e Folha colocaram o agressor, Aloysio Nunes, na condição de agredido. Segundo O Globo, "ex-assessor de deputada petista é preso no Senado por insultar Aloysio Nunes". Na Folha, "blogueiro foi preso após lançar garrafa de água na direção de senador tucano; veja vídeo".

Ocorre, no entanto, que as imagens não mostram nenhuma agressão do blogueiro ao senador. Ao contrário. Ele é quem é perseguido e xingado. Além do mais, não atirou qualquer garrafa no senador, como demonstra o blogueiro em novo vídeo divulgado na internet. Assista abaixo:

Neste caso, quem perdeu as estribeiras e a razão foi o senador Aloysio Nunes, que, com sua agressividade, pode ter perdido, também, a chance de ser vice na chapa de Aécio Neves (leia mais aqui).


Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247