Alexandre de Moraes vai conduzir no Supremo pedido de investigação sobre atos de domingo

O ministro Alexandre de Moraes foi sorteado relator do pedido de abertura de inquérito feito pelo procurador-geral da República, Augusto Aras, para investigar a organização de atos contra a democracia no país

O ministro do STF Alexandre de Moraes
O ministro do STF Alexandre de Moraes (Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O ministro Alexandre de Moraes irá analisar o pedido de abertura de inquérito para apurar a organização de atos contra a democracia no país. Os protestos ocorreram durante o domingo em várias cidades. O mote das manifestações foi o fechamento do Congresso Nacional e do STF.

A reportagem do jornal O Globo destaca que “caberá a Moraes decidir se abre ou não o novo inquérito. No STF, a praxe é atender o pedido da PGR. Se o caso seguir a tramitação padrão, o próximo passo do ministro será pedir diligências - como depoimentos de testemunhas e quebras de sigilos.”

A matéria ainda informa que “o novo pedido de inquérito guarda algumas semelhanças com o caso que já está aberto no STF desde o ano passado. Ambos são genéricos - ou seja, a investigação não é contra uma pessoa específica, o foco são os fatos. Além disso, os dois estão protegidos pelo segredo de justiça.”

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247