Apoiado por Bolsonaro, Arthur Lira fala em "democratizar" a Câmara

“É preciso democratizar a presidência desta Casa, fortalecer as instâncias colegiadas e as comissões, ampliar a transparência e a isenção”, afirmou Arthur Lira

(Foto: Cleia Viana/Câmara dos Deputados)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Agência Câmara de Notícias - O deputado Arthur Lira (PP-AL) afirmou que, se for eleito presidente, defenderá uma atuação coletiva nos trabalhos. “A Câmara dos Deputados tem de ser de todos, não pode ser do ‘eu’, tem de ser de nós”, afirmou.

Arthur Lira defendeu a previsibilidade na análise das propostas. Segundo ele, haverá reunião de líderes das bancadas às quintas-feiras a fim de elaborar a pauta, com a definição dos relatores, respeitada a proporcionalidade partidária.

“É preciso democratizar a presidência desta Casa, fortalecer as instâncias colegiadas e as comissões, ampliar a transparência e a isenção”, afirmou. “Quanto mais ritos, mais previsibilidade e menos surpresas”, continuou.

Acompanhe a sessão do Plenário ao vivo pelo Youtube

Segundo Arthur Lira, o conjunto de deputados em atividade representa, somados, cerca de 51,8 milhões de votos. “Se esses eleitores formassem um país, seria um dos 30 maiores do planeta”, comparou.

Por essa razão, continuou, não é possível que a presidência da Câmara acumule superpoderes. “A presidência não pode falar pela Casa”, avaliou, ressaltando que as principais decisões devem caber sempre ao Plenário.

“Quando um deputado atinge uma posição destacada [como a presidência da Câmara], é a esse deputado que cabe a posição de comandar a Casa, e é por isso que o presidente não vota, para não externar posições pessoais”, analisou.

No pronunciamento, Arthur Lira disse ainda que é necessário o cumprimento dos acordos. “A palavra precisa voltar a funcionar nesta Casa”, disse, ressaltando que ouvirá todos os parlamentares. “Ao presidente não cabe falar, mas sim ouvir”, afirmou.

Dos parlamentares que disputam nesta segunda-feira (1º) o cargo de presidente da Câmara, o deputado Arthur Lira foi o quinto a defender a candidatura, apoiada por bloco de 11 partidos. Ao final dos pronunciamentos será aberta a votação.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email