Após Bia Kicis deixar vice-liderança do governo, Vitor Hugo tem cargo ameaçado

Recentemente, por pressão do Centrão, Jair Bolsonaro retirou Bia Kicis da vice-liderança do governo após a deputada votar contra a renovação do Fundeb

Vitor Hugo
Vitor Hugo (Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O ex-ministro da Saúde de Michel Temer e membro do partido Progressistas, representante do Centrão, Ricardo Barros “deve assumir em breve a liderança do governo na Câmara”, segundo coluna de Lauro Jardim no jornal O Globo. 

Desta forma, se for confirmado, o deputado Vitor Hugo, que ocupa o cargo atualmente, deve sair para “ficar na presidência de alguma comissão da Câmara”, de acordo com o articulista.

Recentemente, na quarta-feira, 22, Jair Bolsonaro retirou Bia Kicis da vice-liderança do governo por meio de um comunicado divulgado na noite de ontem pelo presidente, em edição extra do Diário Oficial da União. 

A mudança foi feita por pressão do Centrão após a parlamentar votar contra a renovação do Fundo de Desenvolvimento da Educação (Fundeb), que financia a educação básica e amplia gradualmente a participação da União, até o percentual de 23% a partir de 2026.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247