Após pressão, 23 deputados mudaram o voto sobre urgência da reforma trabalhista

Após pressão do governo Temer, 23 deputados mudaram seu posicionamento (incluindo abstenções) e votaram a favor da urgência da tramitação da proposta de reforma trabalhista no Congresso na noite desta quarta-feira 19; o mesmo requerimento havia sido rejeitado um dia antes; saiba quem são os parlamentares "vira-casaca", que mudaram o voto em apenas 24 horas

Após pressão do governo Temer, 23 deputados mudaram seu posicionamento (incluindo abstenções) e votaram a favor da urgência da tramitação da proposta de reforma trabalhista no Congresso na noite desta quarta-feira 19; o mesmo requerimento havia sido rejeitado um dia antes; saiba quem são os parlamentares "vira-casaca", que mudaram o voto em apenas 24 horas
Após pressão do governo Temer, 23 deputados mudaram seu posicionamento (incluindo abstenções) e votaram a favor da urgência da tramitação da proposta de reforma trabalhista no Congresso na noite desta quarta-feira 19; o mesmo requerimento havia sido rejeitado um dia antes; saiba quem são os parlamentares "vira-casaca", que mudaram o voto em apenas 24 horas (Foto: Gisele Federicce)

247 - Em apenas 24 horas, 27 deputados federais mudaram seu posicionamento (incluindo abstenções) e votaram no 'sim' pela aprovação do requerimento de urgência da tramitação da proposta de reforma trabalhista, após pressão forte do governo Temer.

A urgência foi aprovada na noite desta quarta-feira 19, quando o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), foi acusado pela oposição de utilizar o "método Cunha" de votação: não ganhou em um dia, coloca em votação novamente para conseguir a aprovação. Na noite de terça, o mesmo requerimento havia sido rejeitado, numa derrota para o governo.

"É foda, foi pressão do partido, pressão muito grande, mas meu voto na reforma tá declarado, eu sou contra qualquer reforma", admitiu Tiririca (PR-SP), um dos que mudaram o voto. Confira abaixo a lista dos parlamentares "vira-casaca" e aqui como votou cada deputado:

PMDB (4)

Alexandre Serfiotis (RJ)
Kaio Maniçoba (PE)
Sergio Zveiter (RJ)
Walter Alves (RN)

PP (3)

Beto Salame (PA)
Mário Negromonte Jr. (BA)
Waldir Maranhão (MA)

PPS (1)

Arnaldo Jordy (PA)

PR (3)

Brunny (MG)
Silas Freire (PI)
Tiririca (SP)

PRB (2)

Jhonatan de Jesus (RR)
Jony Marcos (SE)

PSB (3)

Gonzaga Patriota (PE)
Hugo Leal (RJ)
Tenente Lúcio (MG)

PSC (1)

Professor Victório Galli (MT)

PSD (1)

Victor Mendes (MA)

PSDB (1)

Pedro Cunha Lima (PB)

PTN (3)

Dr. Sinval Malheiros (SP)
Ezequiel Teixeira (RJ)
Luiz Carlos Ramos (RJ)

Solidariedade (1)

Zé Silva (MG)

 

Errata: Os nome dos deputados Júlio Delgado (PSB-MG) e Expedito Netto (PSD-RO), que votaram contra a urgência da reforma trabalhista, foram incluídos por engano na lista

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247