Áudios mostram deputados se articulando contra Operação Dracon

Escutas ambientais instaladas na Câmara Legislativa do Distrito Federal pelo Ministério Público, com autorização judicial, revelam a articulação de parlamentares para enfrentar e sobreviver a Operação Dracon, um dos maiores escândalos da política local; no centro das estratégias - que tem lances de espionagem, montagem de dossiês e acordos para evitar cassação dos mandatos - está a ex-presidente da Câmara Celina Leão preparando ataques aos principais adversários, casos do governador Rodrigo Rollemberg (PSB) e do deputado distrital Chico Vigilante (PT)

Escutas ambientais instaladas na Câmara Legislativa do Distrito Federal pelo Ministério Público, com autorização judicial, revelam a articulação de parlamentares para enfrentar e sobreviver a Operação Dracon, um dos maiores escândalos da política local; no centro das estratégias - que tem lances de espionagem, montagem de dossiês e acordos para evitar cassação dos mandatos - está a ex-presidente da Câmara Celina Leão preparando ataques aos principais adversários, casos do governador Rodrigo Rollemberg (PSB) e do deputado distrital Chico Vigilante (PT)
Escutas ambientais instaladas na Câmara Legislativa do Distrito Federal pelo Ministério Público, com autorização judicial, revelam a articulação de parlamentares para enfrentar e sobreviver a Operação Dracon, um dos maiores escândalos da política local; no centro das estratégias - que tem lances de espionagem, montagem de dossiês e acordos para evitar cassação dos mandatos - está a ex-presidente da Câmara Celina Leão preparando ataques aos principais adversários, casos do governador Rodrigo Rollemberg (PSB) e do deputado distrital Chico Vigilante (PT) (Foto: Voney Malta)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Brasília 247 – Uma imensa quantidade de conversas captadas de escutas ambientais instaladas na Câmara dos Deputados de Brasília, a pedido do Ministério Público do DF, com autorização judicial, mostram não só os parlamentares se articulando para se livrar das denúncias, mas também montando dossiês para atingir adversários e montando estratégias para sair do foco.

A Operação Dracon, que lançou cinco distritais no maior escândalo da política do Distrito Federal, mistura investigação, polícia, espionagem, corrupção, e articulação política para arquivar pedidos de cassação dos mandatos e criação de CPI para atingir adversários, segundo reportagem especial de Ana Maria Campos , Helena Mader  e Ana Viriato, do Correio Brasiliense (leia aqui).

Nos bastidores, os áudios mostram a ex-presidente da Câmara Legislativa, Celina Leão, preparando ataques aos principais adversários, casos do governador Rodrigo Rollemberg (PSB) e do deputado distrital Chico Vigilante (PT), um dos seus maiores críticos.

Há também lances surpreendentes ue lembram filmes de espionagem, como no caso em que Celina recebe em seu gabinete Jefferson Rodrigues Filho, que invadiu e clonou o celular do governador Rollemberg para obter segredos e tentar ganhar favorecimentos.

 

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247