Bancada da bala consegue acordo por aposentadoria mais branda para policiais

Para quem já está na carreira, a idade mínima de aposentadoria deve ser de 53 anos, se homem, e 52 anos, se mulher, além da previsão de um pedágio de 100%; no entanto, a idade mínima para que ainda vai entrar nessas carreiras deve permanecer em 55 anos

Agentes da Polícia Federal
Agentes da Polícia Federal (Foto: REUTERS/Leonardo Benassatto)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Um acordo com líderes partidários e o governo Jair Bolsonaro, costurado pelos deputados integrantes da chamada "bancada da bala", fez com que policiais federais, policiais rodoviários federais e policiais legislativos tenham regras mais brandas na reforma da Previdência.

Segundo informações da Folha de S. Paulo, para quem já está na carreira, a idade mínima de aposentadoria deve ser de 53 anos, se homem, e 52 anos, se mulher, além da previsão de um pedágio de 100%.

No entanto, a idade mínima para que ainda vai entrar nessas carreiras deve permanecer em 55 anos –como desejava inicialmente o governo. Hoje, não há idade mínima para que policiais entrem na inatividade, mas sim uma exigência de 30 anos de contribuição, se homem, e 25 anos, se mulher.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

Apoie o 247

WhatsApp Facebook Twitter Email