Bolsonaro quis agradar Trump com cota maior para etanol, mas Câmara sinaliza suspensão

A Câmara do Deputados aprovou a urgência do projeto de decreto legislativo que suspende a decisão do governo de aumentar a cota para importações de etanol sem tarifa. A aprovação da urgência visa derrubar a portaria na qual Bolsonaro elevou de 600 para 750 milhões de litros a cota para importações anuais do combustível.

247 - A Câmara do Deputados aprovou a urgência do projeto de decreto legislativo que suspende a decisão do governo de aumentar a cota para importações de etanol sem tarifa. A aprovação da urgência visa derrubar a portaria na qual Bolsonaro elevou de 600 para 750 milhões de litros a cota para importações anuais do combustível.

A notícia foi repercutida pelo site Antagonista, que destacou: "a medida beneficia principalmente os EUA, principal exportador de etanol para o Brasil, e foi celebrada por Donald Trump no Twitter."

O site ainda acrescentou: "os deputados argumentam que a medida tem impacto sobre os produtores brasileiros e precisa ser discutida pelo Congresso."

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247