Braço direito de Aécio será relator do golpe

Líder do PMDB no Senado, Eunício Oliveira (CE), indicou o senador Raimundo Lyra (PMDB-PB) para ser o presidente da Comissão Especial do Impeachment no Senado; o relator indicado pelo PSDB é o senador Antonio Anastasia (MG); o presidente do Senado, Renan Calheiros, informou, que os blocos têm até sexta-feira (22) para indicar seus representantes

Líder do PMDB no Senado, Eunício Oliveira (CE), indicou o senador Raimundo Lyra (PMDB-PB) para ser o presidente da Comissão Especial do Impeachment no Senado; o relator indicado pelo PSDB é o senador Antonio Anastasia (MG); o presidente do Senado, Renan Calheiros, informou, que os blocos têm até sexta-feira (22) para indicar seus representantes
Líder do PMDB no Senado, Eunício Oliveira (CE), indicou o senador Raimundo Lyra (PMDB-PB) para ser o presidente da Comissão Especial do Impeachment no Senado; o relator indicado pelo PSDB é o senador Antonio Anastasia (MG); o presidente do Senado, Renan Calheiros, informou, que os blocos têm até sexta-feira (22) para indicar seus representantes (Foto: Roberta Namour)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O líder do PMDB no Senado, Eunício Oliveira (CE), indicou o senador Raimundo Lyra (PMDB-PB) para ser o presidente da Comissão Especial do Impeachment no Senado. Já o PSDB escolheu o senador Antonio Anastasia (MG) para relator.

O presidente do Senado, Renan Calheiros, informou, que os blocos têm até sexta-feira (22) para indicar seus representantes

Para compor a comissão, o bloco Democracia Progressista acaba de indicar Ana Amélia (PP), José Medeiros (PSD) e Gladson Cameli (PP), como titulares. Sérgio Petecão (PSD), Wilder Morais (PP) e Otto Alencar (PSD) serão suplentes.

Seis senadores foram indicados pelo Bloco Parlamentar Democracia Progressista (PP e PSD) para compor a comissão especial que analisará o processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff. Os três titulares são Ana Amélia (PP), José Medeiros (PSD) e Gladson Cameli (PP). Os suplentes são Sérgio Petecão (PSD), Wilder Morais (PP) e Otto Alencar (PSD).

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247