Bradesco bloqueia mais R$ 103,4 mil das contas de Daniel Silveira e valor bloqueado já soma R$ 122,1 mil

A medida foi determinada pelo ministro Alexandre Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), para garantir o pagamento de uma multa de R$ 405 mil

www.brasil247.com - Deputado Daniel Silveira
Deputado Daniel Silveira (Foto: Agência Câmara)


247 - O Bradesco informou ao Supremo Tribunal Federal (STF) que bloqueou mais de R$ 103.458,23 das contas do deputado Daniel Silveira (PTB), o maior valor bloqueado até agora, em cumprimento à decisão do ministro Alexandre de Moraes, segundo reportagem do Valor.

O dinheiro indisponibilizado para o parlamentar já soma R$ 122.121,68, pois mais cedo o deputado bolsonarista teve mais de R$ 18 mil em contas bloqueadas (R$ 10.802 pelo BTG e R$ 7.299 pelo Banco do Brasil).

Os R$ 7 mil bloqueados pelo Banco do Brasil eram de sua conta-salário. O banco informou que o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira, tomou as providências para restringir 25% da remuneração do parlamentar. A medida foi determinada por Moraes para garantir o pagamento de uma multa de R$ 405 mil.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email