Brasília terá unidade do Instituto Tênis

Rollemberg participou no sábado, no Clube do Exército, do lançamento do Instituto Tênis — instituição sem fins lucrativos fundada em 2002 para desenvolver esse esporte no Brasil; objetivo da entidade é colocar, nos próximos 20 anos, 15 atletas brasileiros entre os cem melhores tenistas do mundo; para isso, aposta na massificação da modalidade, especialmente em escolas, e investe em jovens talentos de 10 a 19 anos, para formar atletas capazes de alcançar o topo do ranking mundial

Rollemberg participou no sábado, no Clube do Exército, do lançamento do Instituto Tênis — instituição sem fins lucrativos fundada em 2002 para desenvolver esse esporte no Brasil; objetivo da entidade é colocar, nos próximos 20 anos, 15 atletas brasileiros entre os cem melhores tenistas do mundo; para isso, aposta na massificação da modalidade, especialmente em escolas, e investe em jovens talentos de 10 a 19 anos, para formar atletas capazes de alcançar o topo do ranking mundial
Rollemberg participou no sábado, no Clube do Exército, do lançamento do Instituto Tênis — instituição sem fins lucrativos fundada em 2002 para desenvolver esse esporte no Brasil; objetivo da entidade é colocar, nos próximos 20 anos, 15 atletas brasileiros entre os cem melhores tenistas do mundo; para isso, aposta na massificação da modalidade, especialmente em escolas, e investe em jovens talentos de 10 a 19 anos, para formar atletas capazes de alcançar o topo do ranking mundial (Foto: José Barbacena)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Agência Brasília - Depois de assistir a parte de um jogo de vôlei de praia, o governador Rodrigo Rollemberg cumpriu, neste sábado (15), outro compromisso na área esportiva. O chefe do Executivo participou, no Clube do Exército, do lançamento do Instituto Tênis — instituição sem fins lucrativos fundada em 2002 para desenvolver esse esporte no Brasil.

O objetivo da entidade é colocar, nos próximos 20 anos, 15 atletas brasileiros entre os cem melhores tenistas do mundo. Para isso, aposta na massificação da modalidade, especialmente em escolas, e investe em jovens talentos de 10 a 19 anos, para formar atletas capazes de alcançar o topo do ranking mundial.

“Estamos trabalhando para mudar o tênis brasileiro e preparar a futura geração de tenistas”, afirmou o diretor-executivo do instituto, Cristiano Borrelli.

Rollemberg agradeceu a iniciativa: “É uma oportunidade de as crianças da rede pública de ensino terem um novo horizonte em suas vidas, pois muitas vezes as pessoas mais simples não têm acesso a esse esporte”.

Em Brasília, o ex-tenista profissional Carlos Chabalgoity, que ocupou a primeira posição do ranking mundial até 14 anos, vai ser o coordenador técnico.

“Será o maior projeto de tênis visando a massificação, a inclusão social, a detecção e a formação de talentos, para fazer de Brasília uma das maiores potências desse esporte no País.”

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email