Câmara já tem corrida pela sucessão de Cunha

Apesar de Eduardo Cunha resistir a renunciar, a divulgação de novas denúncias de corrupção envolvendo seu nome faz com que líderes partidários conversem reservadamente sobre o assunto; integrantes do governo, da oposição e até do próprio PMDB buscam um nome para suceder Cunha

eduardo cunha
eduardo cunha (Foto: Gisele Federicce)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 – Mesmo com a resistência do presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), em renunciar, líderes partidários já conversam reservadamente sobre a sucessão presidencial na Casa, informa neste sábado a coluna Painel.

Integrantes do governo, da oposição e até do próprio PMDB, partido de Cunha, buscam um nome para suceder o deputado, acusado de ocultar patrimônio e de receber propina no esquema de corrupção da Petrobras.

Parlamentares acreditam que, mesmo com a perda de apoio público, o parlamentar terá influência na escolha do sucessor. Um deles lembra que Cunha, em contato com empresários, ajudou a financiar a campanha de muitos aliados.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email