Cármen Lúcia assumirá a presidência de novo

Presidente do STF, a ministra Cármen Lúcia deverá assumir a presidência da república mais uma vez; o presidente ilegítimo Michel Temer viaja para o sudeste asiático no próximo dia 5 de maio; isso mostra como a linha sucessória brasileira está desarranjada: os presidentes da câmara e do senado, a despeito de serem investigados e alvos de diversas acusações do ministério público, também são candidatos e também estão vetados pela lei eleitoral para assumirem a presidência da república

Presidente do STF, Cármen Lúcia, chega para sessão da corte em Brasília 13/09/2017 REUTERS/Adriano Machado
Presidente do STF, Cármen Lúcia, chega para sessão da corte em Brasília 13/09/2017 REUTERS/Adriano Machado (Foto: Gustavo Conde)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 – A linha sucessória brasileira se transformou em mais um problema político: os presidentes da câmara e do senado, a despeito de serem investigados e alvos de diversas acusações do ministério público, também são candidatos e também estão vetados pela lei eleitoral para assumirem a presidência da república.

Isso os obriga a agendarem viagens internacionais toda vez que o titular do cargo viaja para o exterior, o que além de contrariá-los acaba por colocar em cena a presidente do Supremo Tribunal Federal, a ministra Cármen Lúcia, institucionalmente a 5ª na linha sucessória.

“Temer deve embarcar do Brasil no dia 5 de maio e passar por quatro países da região. Nos dias 7 a 9, o presidente visitará Cingapura. Na sequência, vai a Bangkok (Tailândia), onde deve chegar dia 9 e partir dia 10. Depois, entre os dias 10 e 12, visitará Jacarta (Indonésia). E por fim, passará outros dois dias em Hanói (Vietnã). 

(...)

As viagens de Temer têm irritado os presidentes da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e do Senado, Eunício Oliveira (MDB-CE). A irritação se deve ao fato de que terão de se ausentar do Brasil durante a campanha eleitoral, quando o democrata quer disputar o Planalto e o emedebista, reeleição.”

Leia mais aqui.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo APOIA.se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247