Cármen Lúcia passa da 2ª para a 1ª Turma do STF

Com a mudança, o ministro que substituir Marco Aurélio fará parte da 2ª Turma, ao lado de Fachin, Ricardo Lewandowski, Nunes Marques e Gilmar Mendes

Cármen Lúcia
Cármen Lúcia (Foto: Rosinei Coutinho/SCO/STF)
Siga o Brasil 247 no Google News

ConJur - A ministra Cármen Lúcia, do Supremo Tribunal Federal, foi transferida da 2ª para a 1ª Turma da corte. O pedido foi deferido nesta segunda-feira (2/8) pelo presidente do STF, ministro Luiz Fux.

A vaga na 1ª Turma foi aberta após a aposentadoria do ministro Marco Aurélio no último mês de julho. O restante do colegiado é formado pelos ministros Alexandre de Moraes, Dias Toffoli, Luís Roberto Barroso e Rosa Weber.

O pedido foi aceito após consulta aos outros ministros da 2ª Turma. O ministro Edson Fachin também havia pedido transferência para a 1ª Turma, mas Cármen demonstrou interesse e ficou com a vaga, pela regra de antiguidade.

PUBLICIDADE

Com a mudança, o ministro que substituir Marco Aurélio fará parte da 2ª Turma, ao lado de Fachin, Ricardo Lewandowski, Nunes Marques e Gilmar Mendes. O advogado-geral da União, André Mendonça, já foi indicado pelo presidente Jair Bolsonaro. Com informações da assessoria do STF.

Inscreva-se no canal Cortes 247 e saiba mais:

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email