Casal do DF ligado ao “Faraó das Bitcoins” lavou R$ 281 mi em escritório de advocacia

Felipe José Silva Novais, 39 anos, e Kamila Martins, 30, receberam cerca de R$ 80 mi de comissão por terem captado mais de 3 mil clientes

www.brasil247.com -
(Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News

Metrópoles - Denunciado pelo Ministério Público Federal (MPF), um casal de Brasília é apontado como braço direito do ex-garçom Glaidson Acácio dos Santos, mais conhecido como “Faraó das Bitcoins”. Um esquema bilionário desarticulado durante a Operação Cryptos, da Polícia Federal em parceria com a Receita Federal, em 25 de agosto, revelou que uma importante célula da organização criminosa operava na capital da República.

As investigações apontaram que o casal formado pelo empresário Felipe José Silva Novais, 39 anos, e a advogada Kamila Martins Novais, 30, movimentou R$ 281,7 milhões usando duas empresas para lavar os valores, entre elas um escritório de advocacia.

Leia a íntegra no Metrópoles

PUBLICIDADE

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email