Com mais de 4 milhões de infectados, líder do governo Bolsonaro diz que pandemia 'não exigiu todo esforço de recursos'

"Os estados e municípios têm R$ 20 bilhões nas contas que não conseguiram gastar, porque a epidemia não exigiu todo esforço de recursos financeiros que o presidente disponibilizou”, afirmou Ricardo Barros

(Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O líder do governo Jair Bolsonaro na Câmara dos Deputados, Ricardo Barros (PP-PR), disse que a pandemia do novo coronavírus "não exigiu todo esforço de recursos financeiros" disponibilizados. A declaração foi feita em entrevista para o UOL, na tarde desta sexta-feira, 11.

"Os estados e municípios têm R$ 20 bilhões nas contas que não conseguiram gastar, porque a epidemia não exigiu todo esforço de recursos financeiros que o presidente disponibilizou. Inclusive existe uma tentativa de criar maneira de autorizar a gastar esse dinheiro da Covid em outras coisas. Vamos ter que estudar esse assunto", afirmou.

O Brasil é o segundo mais atingido pela Covid-19 e registra 129.575 mortes e mais de 4,2 milhões de infectados.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email