Com Temer internado, aliado compra votos dentro do plenário

Fotógrafo Lula Marques flagra, no plenário da Câmara, o deputado Darcísio Perondi (PMDB-RS), vice-líder do governo e um dos principais aliados de Temer, conferindo no painel a presença dos deputados e batendo com uma lista de valores do Ministério da Agricultura; no documento em sua pasta, constam os campos "município", "órgão", "objeto" e "valor"; "Teve ou não compra de votos?", questionou Lula Marques

Fotógrafo Lula Marques flagra, no plenário da Câmara, o deputado Darcísio Perondi (PMDB-RS), vice-líder do governo e um dos principais aliados de Temer, conferindo no painel a presença dos deputados e batendo com uma lista de valores do Ministério da Agricultura; no documento em sua pasta, constam os campos "município", "órgão", "objeto" e "valor"; "Teve ou não compra de votos?", questionou Lula Marques
Fotógrafo Lula Marques flagra, no plenário da Câmara, o deputado Darcísio Perondi (PMDB-RS), vice-líder do governo e um dos principais aliados de Temer, conferindo no painel a presença dos deputados e batendo com uma lista de valores do Ministério da Agricultura; no documento em sua pasta, constam os campos "município", "órgão", "objeto" e "valor"; "Teve ou não compra de votos?", questionou Lula Marques (Foto: Gisele Federicce)

247 - Imagens registradas nesta quarta-feira 25 no plenário da Câmara pelo fotógrafo Lula Marques indicam uma conferência direta do pagamento de votos pelo governo Temer.

Nas fotos, o deputado Darcísio Perondi (PMDB-RS), vice-líder do governo e um dos principais aliados de Temer, confere no painel a presença dos deputados e bate com uma lista em sua mesa com valores do Ministério da Agricultura.

No documento em sua pasta, constam os campos "município", "órgão", "objeto" e "valor", sob o título "projetos do Ministério da Agricultura". "Teve ou não compra de votos?", indagou Lula Marques.

Alguns assessores parlamentares ponderam o suposto flagra de compra de votos descarado e afirmam ser a distribuição de uma emenda guarda-chuva ou de bancada para os municípios que o parlamentar pretende atender.

Já outros questionam: o que Perondi faria, no dia da votação da denúncia, com uma lista de recursos a serem liberados pelo Ministério da Agricultura?

Ao vivo na TV 247 Youtube 247