Cunha: 'Câmara lutará contra aumento do PIS/Cofins'

Presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ) lembrou que os parlamentares aguardam o envio de um projeto de reforma, por parte do governo, para que o tema comece a tramitar na Câmara; "Há muita dificuldade, muita discussão. O objetivo é que não tenha aumento da carga tributária. Esse é o objetivo que a Câmara vai perseguir na reforma do PIS/Cofins. Alguma reforma pode e deve ser feita, sem dúvida nenhuma, mas tem de ser feita com efeito nulo, sem aumento da carga. Essa é a base do processo", afirmou.

Presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ) lembrou que os parlamentares aguardam o envio de um projeto de reforma, por parte do governo, para que o tema comece a tramitar na Câmara; "Há muita dificuldade, muita discussão. O objetivo é que não tenha aumento da carga tributária. Esse é o objetivo que a Câmara vai perseguir na reforma do PIS/Cofins. Alguma reforma pode e deve ser feita, sem dúvida nenhuma, mas tem de ser feita com efeito nulo, sem aumento da carga. Essa é a base do processo", afirmou.
Presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ) lembrou que os parlamentares aguardam o envio de um projeto de reforma, por parte do governo, para que o tema comece a tramitar na Câmara; "Há muita dificuldade, muita discussão. O objetivo é que não tenha aumento da carga tributária. Esse é o objetivo que a Câmara vai perseguir na reforma do PIS/Cofins. Alguma reforma pode e deve ser feita, sem dúvida nenhuma, mas tem de ser feita com efeito nulo, sem aumento da carga. Essa é a base do processo", afirmou. (Foto: Leonardo Lucena)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Paula Laboissière - Repórter da Agência Brasil

O presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), disse nesta terça-feira (18) que a Casa vai lutar contra o aumento da tributação numa possível reforma do Programa de Integração Social (PIS) e da Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (Cofins). Ele lembrou que os parlamentares aguardam o envio de um projeto de reforma, por parte do governo, para que o tema comece a tramitar na Câmara.

“Há muita dificuldade, muita discussão. O objetivo é que não tenha aumento da carga tributária. Esse é o objetivo que a Câmara vai perseguir na reforma do PIS/Cofins. Alguma reforma pode e deve ser feita, sem dúvida nenhuma, mas tem de ser feita com efeito nulo, sem aumento da carga. Essa é a base do processo”, afirmou.

Cunha não descartou a possibilidade de que, uma vez enviado, o projeto da reforma do PIS/Cofins seja votada ainda este ano. “Depende do conteúdo, que ainda não foi enviado formalmente. Possível é. Se for uma coisa boa, para melhorar a economia e que não tenha aumento de carga tributária, vai tramitar com facilidade”, disse. “Se não for, vai ser alterado”, acrescentou.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email