Cunha deve encaminhar representação contra ele nesta semana

Pelo Código de Ética da Câmara, o presidente da Casa tem um prazo de três sessões ordinárias para enviar ao Conselho de Ética as representações por quebra de decoro parlamentar; o PSOL e a Rede pediram cassação do mandato de Cunha, argumentando que ele mentiu em depoimento à CPI da Petrobras, em março, quando disse que não tinha contas no exterior, confirmadas pela Procuradoria-Geral da República

eduardo cunha
eduardo cunha (Foto: Roberta Namour)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 – O presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), deve enviar nesta semana ao Conselho de Ética a representação por quebra de decoro parlamentar contra ele próprio, protocolada por PSOL e Rede.

No Código de Ética da Câmara, o prazo limite para que isso ocorra é de três sessões ordinárias no plenário da Casa. A terceira desde o pedido de cassação do mandato está marcada para as 14h desta terça-feira (27).

Na representação, PSOL e Rede argumentam que Cunha mentiu em depoimento à CPI da Petrobras, em março, quando disse que não tinha contas no exterior, confirmadas pela Procuradoria-Geral da República.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247