Deputado é acusado de achacar empresários na CPI do Carf

Deputado Hildo Rocha (PMDB-MA), primeiro vice-presidente da CPI instalada para apurar a corrupção em julgamentos no Carf, afirma que um empresário diz ter sido achacado por um parlamentar para evitar sua convocação pela comissão; “A pessoa que me disse que estava sendo achacada não quis que eu dissesse o nome dela (...). Ela está com medo!”; em uma reunião da CPI, Rocha questionou o plenário sobre a convocação do banqueiro Joseph Safra, feita pelo deputado Altineu Côrtes (PMDB-RJ), duas semanas antes

Deputado Hildo Rocha (PMDB-MA), primeiro vice-presidente da CPI instalada para apurar a corrupção em julgamentos no Carf, afirma que um empresário diz ter sido achacado por um parlamentar para evitar sua convocação pela comissão; “A pessoa que me disse que estava sendo achacada não quis que eu dissesse o nome dela (...). Ela está com medo!”; em uma reunião da CPI, Rocha questionou o plenário sobre a convocação do banqueiro Joseph Safra, feita pelo deputado Altineu Côrtes (PMDB-RJ), duas semanas antes
Deputado Hildo Rocha (PMDB-MA), primeiro vice-presidente da CPI instalada para apurar a corrupção em julgamentos no Carf, afirma que um empresário diz ter sido achacado por um parlamentar para evitar sua convocação pela comissão; “A pessoa que me disse que estava sendo achacada não quis que eu dissesse o nome dela (...). Ela está com medo!”; em uma reunião da CPI, Rocha questionou o plenário sobre a convocação do banqueiro Joseph Safra, feita pelo deputado Altineu Côrtes (PMDB-RJ), duas semanas antes (Foto: Roberta Namour)

247 - O deputado Hildo Rocha (PMDB-MA), primeiro vice-presidente da CPI instalada para apurar a corrupção em julgamentos no Carf, afirmou, em entrevista ao Globo, que um empresário diz ter sido achacado por parlamentar para evitar sua convocação pela comissão.

Segundo Rocha, o empresário não quer ter o nome revelado, com medo de represálias: “A pessoa que me disse que estava sendo achacada não quis que eu dissesse o nome dela. Se ele permitisse que eu dissesse o nome, eu teria de dizer quem é a pessoa e quem é o deputado. Ela ficou é com medo. Ela está com medo!”, disse.

Numa intervenção na reunião da CPI em 5 de maio, Hildo Rocha questionou o plenário sobre a convocação do banqueiro Joseph Safra, feita pelo deputado Altineu Côrtes (PMDB-RJ), duas semanas antes. Safra foi denunciado à Justiça Federal por envolvimento em manipulação de julgamentos no Carf, investigada pela Operação Zelotes, da Polícia Federal. “O que eu estranho é: por que chamar o segundo homem mais rico do Brasil? Será que está sendo construída aqui uma tramoia para tirar dinheiro desse cidadão? Chego a desconfiar — e não sou só eu, mas vários membros daqui — que possa estar sendo chamado o senhor Joseph Safra para que seja chantageado”.

Na mesma sessão, Rocha citou o nome do deputado Altineu Côrtes (PMDB-RJ), mas sem vinculá-lo à atuação na CPI do Carf.

“Chegou-me a notícia de que o Ministério Público denunciou Eduardo Cunha e Altineu Côrtes por ter achacado, lá atrás, alguns membros de CPI para não virem depor. E eu não quero que aconteça isso nesta CPI, porque não estou aqui para ser vendido” – leia aqui.

Conheça a TV 247

Mais de Brasília

Ao vivo na TV 247 Youtube 247