Deputados criticam agressão a Glenn: 'Augusto Nunes é um indigno. Covarde, sem escrúpulos'

Diante da agressão física do jornalista Augusto Nunes ao seu colega de profissão Glenn Greenwald, deputados comentaram o ocorrido nos corredores do Congresso Nacional

Reprodução/Youtube
Reprodução/Youtube (Foto: Reprodução/Youtube)

247 - A agressão do jornalista da Jovem Pan, Augusto Nunes, a Glenn Greenwald, durante a entrevista do editor do The Intercept Brasil nesta quinta-feira (7) esquentou os ânimos no Congresso Nacional e esteve entre os assuntos mais comentado nos corredores das Casas Legislativas.

“É nojento ver a direita comemorando a agressão do Augusto Nunes ao Glenn. Os bolsonaristas se movem por raiva e querem a violência. O fascismo é assim. É o impulso de morte. Os fascistas na Espanha dos anos 30 bradavam ‘viva a morte. No Brasil celebram Augusto Nunes”, comentou o líder do PSOL na Câmara, deputado Ivan Valente (SP).

Quem não tem força nos argumentos tenta usar o argumento da força. Covarde, estúpido, o Augusto Nunes. Todo repúdio e toda solidariedade ao Glenn Greenwald”, escreveu o vice-líder do PCdoB, deputado Márcio Jerry (MA).

Para o líder da oposição na Câmara, deputado Alessandro Molon (PSB-RJ), a agressão suplantou o debate ao fazer uso dos filhos do jornalista americano.  “A violência física e o ataque baixo envolvendo crianças jamais devem substituir o debate sério de ideias. Meu repúdio à atitude do jornalista Augusto Nunes, que agrediu um colega, Glenn Greenwald, durante entrevista. Ao Gleen Greenwald, minha solidariedade”.

Diante da repercussão do caso, o marido de Glenn, deputado David Miranda também não se conteve ao vê-lo sendo atingido por tapas e empurrões. “Augusto Nunes é um indigno. Covarde, sem escrúpulos. É do tamanho da reação lamentável que teve hoje na Jovem Pan”, escreveu em seu Twitter logo após o incidente.

Já Margarida Salomão (PT-MG) recordou a vitória de Augusto Nunes no Prêmio Comunique-se, entregue na última quarta-feira (5), nas categorias de Melhor Colunista de Opinião e de Melhor Jornalista de Política Nacional da Imprensa Falada, por seu trabalho na rádio e na revista Veja. “Ironia das ironias. Ontem, premiado pelo Comunique-se, Augusto Nunes disse que o jornalista 'pode ser independente' sem precisar 'agir como torcida organizada'. Um dia depois e o que ele faz? Age como um estúpido, como o completo idiota que ele condenara”.

No Senado, Humberto Costa (PT-PE) também lembrou que não é a primeira vez que Nunes cita os filhos do jornalista na tentativa de provocá-lo. “Lamentável esse ataque covarde que Gleen Greenwald acaba de sofrer no Programa Pânico. O agressor foi o jornalista bolsonarista Augusto Nunes, que já havia usado os filhos de Glenn e David Miranda para atacar a honra do profissional do The Intercept Brasil.

Vice-líder da Rede no Senado, Fabiano Contarato (ES) foi outro a repudiar a atitude de Nunes. “Inadmissível esse comportamento de alguém que tinha de respeitar não só o colega de profissão, mas todos os brasileiros. Devia se comportar como jornalista!”, criticou.

Ao vivo na TV 247 Youtube 247