Deputados da oposição querem forçar adiamento de votação contra Temer

Parte da oposição ao governo Temer traçou uma estratégia para adiar a votação da denúncia contra o peemedebista: simplesmente apelar para a falta de quórum; o deputado Sílvio Costa (Avante-PE) sugeriu aos colegas que façam piquetes nas três entradas principais do plenário; ele quer convencer, nem que seja na porta da Casa, os 227 deputados que votaram contra Temer na primeira queixa a nem sequer marcar presença, dificultando a missão do governo de colocar 342 parlamentares na Casa para iniciar a votação

Brasília - O deputado Sílvio Costa, vice-líder do governo na Câmara, fala à imprensa no Palácio do Planalto (Marcelo Camargo/Agência Brasil)
Brasília - O deputado Sílvio Costa, vice-líder do governo na Câmara, fala à imprensa no Palácio do Planalto (Marcelo Camargo/Agência Brasil) (Foto: Giuliana Miranda)

Brasília 247 - Deputados que fazem oposição a Michel Temer vão tentar forçar o adiamento da votação da denúncia para a próxima semana –e assim sucessivamente. O deputado Sílvio Costa (Avante-PE) sugeriu aos colegas que façam piquetes nas três entradas principais do plenário.

A ideia de Costa é imprimir listas com os nomes dos 227 deputados que votaram contra Temer na primeira queixa.

Quer convencê-los, na porta, a nem sequer marcar presença, dificultando a missão do governo de colocar 342 parlamentares na Casa para iniciar a votação.

As informações são da coluna Painel da Folha de S.Paulo.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247