Deputados quase trocam tapas por Lula

O deputado Éder Mauro do PSD-PA causou revolta na câmara dos deputados ao insistir chamar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva de 'ladrão', na madrugada desta quinta-feira; deputados contra e a favor do ex-presidente quase se agrediram fisicamente; o presidente da câmara, Rodrigo Maia, pediu calma para que a sessão tivesse prosseguimento, mas volume de hostilidades e insultos não foi amenizado

Plenário da Câmara dos Deputados durante sessão para votação da intervenção federal na segurança pública do Rio de Janeiro (Wilson Dias/Agência Brasil)
Plenário da Câmara dos Deputados durante sessão para votação da intervenção federal na segurança pública do Rio de Janeiro (Wilson Dias/Agência Brasil) (Foto: Gustavo Conde)

247 - O deputado Éder Mauro do PSD-PA causou revolta na câmara dos deputados ao insistir chamar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva de 'ladrão', na madrugada desta quinta-feira. Deputados contra e a favor do ex-presidente quase se agrediram fisicamente. O presidente da câmara, Rodrigo Maia, pediu calma para que a sessão tivesse prosseguimento, mas volume de hostilidades e insultos não foi amenizado. 

Leia mais aqui.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247