Desgostoso, Weintraub está de saída do governo

Abraham Weintraub decidiu pedir demissão do ministério da Educação, segundo informações da coluna Radar, da revista Veja. Segundo o veículo, o ministro está abatido e não é mais aceito no próprio governo

Ministro da Educação, Abraham Weintraub, na Câmara dos Deputados 15/05/2020
Ministro da Educação, Abraham Weintraub, na Câmara dos Deputados 15/05/2020 (Foto: REUTERS/Adriano Machado)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O ministro da Educação Abraham Weintraub não suporta mais a pressão de dentro e de fora do governo e deve pedir demissão. Segundo a versão do governo, o ministro está abatido e teria decidido pedir demissão do ministério, movimento que não foi negado pelo presidente.

A reportagem ainda destaca que “recentemente, um dos que criticaram o chefe da Educação foi o presidente do Congresso, Davi Alcolumbre. Em conversa com Bolsonaro, ele disse que as declarações do ministro contra o STF e sobre a noite dos cristais, que provocaram revolta na comunidade judaica, teriam degradado a capacidade de interlocução política do ministro com o Parlamento.”

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email