Dilma: 'não temos mais como dar suporte a tudo o que fizemos'

A presidente Dilma Rousseff participou nesta terça (18) da inauguração da Escola Nacional de Gestão Agropecuária, em Brasília; durante o discurso, Dilma voltou a reconhecer que o Brasil vive um momento de dificuldades e disse que "não há mais como dar suporte a tudo o que fizemos" e, por isso, o governo terá que "reduzir o nível de desoneração" de alguns setores; "O Brasil teve um desempenho fantástico, nós tínhamos conseguido superar os primeiros três anos de crise dependendo de um conjunto de políticas. Hoje, não temos mais como dar suporte a tudo o que fizemos. Vamos manter as desonerações, em alguns casos na sua integralidade, como o caso da cesta básica, mas, em outros, teremos que reduzir o nível de desoneração", afirmou

A presidente Dilma Rousseff participou nesta terça (18) da inauguração da Escola Nacional de Gestão Agropecuária, em Brasília; durante o discurso, Dilma voltou a reconhecer que o Brasil vive um momento de dificuldades e disse que "não há mais como dar suporte a tudo o que fizemos" e, por isso, o governo terá que "reduzir o nível de desoneração" de alguns setores; "O Brasil teve um desempenho fantástico, nós tínhamos conseguido superar os primeiros três anos de crise dependendo de um conjunto de políticas. Hoje, não temos mais como dar suporte a tudo o que fizemos. Vamos manter as desonerações, em alguns casos na sua integralidade, como o caso da cesta básica, mas, em outros, teremos que reduzir o nível de desoneração", afirmou
A presidente Dilma Rousseff participou nesta terça (18) da inauguração da Escola Nacional de Gestão Agropecuária, em Brasília; durante o discurso, Dilma voltou a reconhecer que o Brasil vive um momento de dificuldades e disse que "não há mais como dar suporte a tudo o que fizemos" e, por isso, o governo terá que "reduzir o nível de desoneração" de alguns setores; "O Brasil teve um desempenho fantástico, nós tínhamos conseguido superar os primeiros três anos de crise dependendo de um conjunto de políticas. Hoje, não temos mais como dar suporte a tudo o que fizemos. Vamos manter as desonerações, em alguns casos na sua integralidade, como o caso da cesta básica, mas, em outros, teremos que reduzir o nível de desoneração", afirmou (Foto: Valter Lima)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A presidente Dilma Rousseff participou nesta terça-feira (18) da inauguração da Escola Nacional de Gestão Agropecuária, em Brasília. Durante o discurso, Dilma voltou a reconhecer que o Brasil vive um momento de dificuldades e disse que "não há mais como dar suporte a tudo o que fizemos" e, por isso, o governo terá que "reduzir o nível de desoneração" de alguns setores.

"O Brasil teve um desempenho fantástico, nós tínhamos conseguido superar os primeiros três anos de crise [internacional] dependendo de um conjunto de políticas. Hoje, não temos mais como dar suporte a tudo o que fizemos. Vamos manter as desonerações, em alguns casos na sua integralidade, como o caso da cesta básica, mas, em outros, teremos que reduzir o nível de desoneração", afirmou a presidente.

Segundo Dilma, a medida servirá para que o país "transite" nesse "momento de travessia", termo que adotou para designar a crise pela qual passa o país. A presidente fez ainda um apelo pela parceria entre governo e empresariado e disse que é "uma visão muito estreita supor uma oposição entre governos e setor privado". "Só juntos, unindo o que tiver de melhor em cada um, conseguiremos chegar a uma nação que seja, no mínimo, de classe média", declarou.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email