Eduardo Bolsonaro aceita presente do pai e irá renunciar ao mandato para ser embaixador

"Se for da vontade do presidente, ele realmente, de maneira oficial, me entregar essa missão, eu aceitaria", disse Eduardo, que ganhou de presente de aniversário a embaixada em Washington

Eduardo Bolsonaro é mais que um chanceler. É um conflito diplomático
Eduardo Bolsonaro é mais que um chanceler. É um conflito diplomático

Da BBC – O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL) disse no começo da noite desta quinta-feira (11) que aceitará a indicação de seu pai, o presidente da República Jair Bolsonaro, para ser o embaixador brasileiro em Washington, nos Estados Unidos.

Mais cedo, o presidente disse que seu filho será o embaixador na capital americana, caso tenha interesse no cargo.

Caso a nomeação se confirme, Eduardo Bolsonaro terá de renunciar ao mandato de deputado federal.

Leia a íntegra na BBC

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247.Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247