Eduardo Bolsonaro já teria apoio suficiente no Senado para o cargo de embaixador

O presidente da Comissão de Relações Exteriores (CRE) do Senado, Nelsinho Trad (PSD-MS), afirmou ao site Poder 360 que a disposição de forças dentro da pasta estaria em 9 a 7 a favor do filho de Jair Bolsonaro.

(Foto: Senado | ABr)

247 - O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) já teria apoio suficiente para ser aprovado para a embaixada brasileira nos Estados Unidos, conforme informação dada pelo site Poder 360, em entrevista concedida ao portal pelo presidente da Comissão de Relações Exteriores (CRE) do Senado, Nelsinho Trad (PSD-MS). 

A votação no Senado é o único impeditivo formal para que o filho de Jair Bolsonaro (PSL) seja o primeiro familiar de presidente nomeado para o cargo na história do Brasil, feito vexaminoso para o qual há poucos precendentes mundiais, nenhum deles em países ditos democráticos. 

“Há um equilíbrio, uma tendência ligeira de um favoritismo dele, isso na comissão. Nove a sete a favor dele e três indecisos. E os três indecisos são altamente técnicos. Vão esperar a sabatina para ver como vai ser o desempenho. A sabatina é importante, dá para ver quando umcara vai bem, quando não vai”, afirmou Trad.

A data da sabatina e da votação no Senado não está definida. O Planalto enviará mensagem ao presidente da Casa, Davi Alcolumbre (DEM-AP), que determinará ao presidente da CRE o início dos trabalhos.

Conheça a TV 247

Mais de Brasília

Ao vivo na TV 247 Youtube 247