Erika: Dallagnol quis apagar mensagens porque sabia que havia crime

"Moro e a Lava Jato tentam a todo tempo dizer que os diálogos são normais e legais. Pq Dallagnol pediu pro outro procurador apagar as mensagens então? Pq sabiam que eram criminosas?", questionou a deputada Erika Kokay (PT-DF)

(Foto: Michel Jesus - Câmara)

247 - A deputada federal Erika Kokay (PT-DF) sugeriu que o procurador da Operação Lava Jato Deltan Dallagnol sabia que havia algo de errado quando membros do Ministério Público Federal (MPF-PR) e o ex-juiz Sérgio Moro, atual ministro da Justiça, queriam mexer na escala de procuradores para quesitonar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

"Moro e a Lava Jato tentam a todo tempo dizer que os diálogos são normais e legais. Pq Dallagnol pediu pro outro procurador apagar as mensagens então? Pq sabiam que eram criminosas?", questionou a parlamentar no Twitter.

A reportagem do Intercept Brasil também apontou que a procuradora Laura Tessler, da força-tarefa, deixou de participar de audiências, incluindo uma com o ex-presidente Lula, após reclamação do então juiz Sérgio Moro. As informações foram divulgadas pelo âncora da BandNews FM Reinaldo Azevedo, em parceria com o site The Intercept Brasil.

Confira agora um trecho do diálogo Dallagnol e Carlos Fernandes, que também é procurador. 

  • Deltan Dallagnol: Recebeu a mensagem do Moro sobre a audiência também?
  • Carlos Fernando: Não, o que ele disse?
  • Deltan Dallagnol: Não comenta com ninguém e me assegura que teu telegrama não está aberto aí no computador, e que outras pessoas não estão vendo por aí que falo. Você vai entender porque estou pedindo isso
  • Carlos Fernando: Ele está só pra mim, depois apagamos o conteúdo
  • Deltan Dallagnol: (reproduzindo a mensagem do moro) – Prezado, a colega Laura Tessler de vcs é excelente profissional, mas para inquirição em audiência, ela não vai muito bem. Desculpe dizer isso, mas com discrição, tente dar uns conselhos a ela, para o próprio bem dela. Um treinamento faria bem. Favor manter reservada essa mensagem.
  • Carlos Fernando: Vou apagar, ok?
  • Deltan Dallagnol: Apaga sim
  • Carlos Fernando: Apagado
  • Deltan Dallagnol: vamos ver como está a escala e talvez sugerir que vão dois e fazer uma reunião sobre estratégia de inquirição sem mencionar ela
  • Carlos Fernando: Por isso tinha sugerido que Júlio ou Robinho fossem também. No do Lula não podemos deixar acontecer
  • Carlos Fernando: Apaguei

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247