Ernesto Araújo nega aquecimento global: fui a Roma e estava frio

Em reunião com diplomatas, o chanceler brasileiro Ernesto Araújo deixou os colegas desconfortáveis ao negar o aquecimento global com um exemplo pessoal: "fui a Roma em maio e estava tendo uma onda de frio enorme (...). Isso a mídia não noticia"

Brasilia - Ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo.
Brasilia - Ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo. (Foto: Ernesto Araujo)

247 - O chanceler brasileiro Ernesto Araújo deixou colegas do Itamaraty desconfortáveis nesta sexta-feira (3), durante reunião com os diplomatas da Secretaria de Assuntos de Soberania Nacional e Cidadania, ao negar a existência do aquecimento global e usar um exemplo pessoal para provar o seu ponto, informa Guilherme Amado.

Diante de cerca de 60 pessoas, Araújo disse:

"Não acredito em aquecimento global. Vejam que fui a Roma em maio e estava tendo uma onda de frio enorme. Isso mostra como as teorias do aquecimento global estão erradas", contou, para espanto geral. E emendou:

"Isso a mídia não noticia".

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247