Evangélicos ampliam pressão sobre Senado para aprovar Mendonça ao STF e falam em "guerra santa"

“Virou uma guerra santa, lamentavelmente, por causa desse longo período nunca existente na história de demora para uma sabatina”, destacou o deputado federal Sóstenes Cavalcante, uma das principais lideranças evangélicas do Congresso

(Foto: Marcos Oliveira/Agencia Senado)
Siga o Brasil 247 no Google News

247 - O setor evangélico do Senado aumentou a pressão sobre os parlamentares para aprovar o nome do ex-ministro André Mendonça para o Supremo Tribunal Federal (STF). O ex-Advogado-Geral da União (AGU) foi indicado por Jair Bolsonaro há mais de quatro meses e é “terrivelmente evangélico”.

O jornalista Caio Junqueira, da CNN, informou que o deputado federal Sóstenes Cavalcante, uma das principais lideranças evangélicas do Congresso e coordenador da campanha de Mendonça no Senado, já fala em “guerra santa”.

“Virou uma guerra santa, lamentavelmente, por causa desse longo período nunca existente na história de demora para uma sabatina. Currículo ele tem. No que ele é diferente? É o fato de ser evangélico. Por que Kássio Nunes demorou 15 dias e o André 4 meses?”.

PUBLICIDADE

Segundo o deputado, Mendonça hoje teria entre 50 e 55 votos dos 81 senadores. “(A aprovação do) do André já está definida. Será entre 50 e 55 votos. O trabalho foi bem-feito. Ele fez a parte dele e nós evangélicos nos estados. A gente tem o mapa”, afirmou.

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email